JUSTIÇA SUSPENDE PRIVATIZAÇÃO DO MARACANÃ

Vista aérea do novo Maracanã Foto: Divulgação / Genilson Araujo
Vista aérea do novo Maracanã

RIO – Um dia após o Consórcio Maracanã S.A. (formado pelas empresas IMX, AEG e Odebrecht) vencer a licitação para administrar o Maracanã nos próximos 35 anos, a Justiça suspendeu a privatização do estádio. Nesta sexta-feira, a juíza Gisela Guida de Faria, da 9ª Vara de Fazenda Pública, aceitou liminar do Ministério Público suspendendo a negociação do Maracanã.

Segundo a decisão judicial, o contrato só poderá ser assinado depois do julgamento da ação do Ministério Público que pede o cancelamento da concorrência.

Judicialmente, o MP questiona a participação da IMX, de Eike Batista, na concorrência do estádio e alega que o atual formato da cessão do complexo à iniciativa privada é danoso ao poder público.

Abaixo, trecho da liminar do MP:

“Nem mesmo o pagamento do estudo de viabilidade técnica, econômica e jurídica que antecedeu a abertura do procedimento, elaborado pela empresa IMX Holding S/A, recairá sobre o Estado, uma vez que ficará a cargo do licitante vencedor, conforme a cláusula editalícia acima mencionada.

Daí se extrai a ofensa ao princípio da isonomia entre os licitantes. Como se verifica dos documentos contidos nos autos, apenas 02 (dois) consórcios participaram do certame, um deles integrado pela IMX – credora dos gastos decorrentes do estudo que elaborou, no valor de 2.300.000,00 (dois milhões trezentos mil reais) – e o outro que, se vencedor, teria que lhe restituir essa importância. Vê-se, portanto, que antes mesmo da apresentação das propostas, já havia quebra do princípio da igualdade entre os concorrentes: um deles arcaria com o ônus de efetuar o pagamento do estudo prévio, enquanto o outro estaria isento, em tese, de se auto ressarcir.

Partindo dessa premissa, a legalidade ou ilegalidade do procedimento licitatório ora questionado deverá ser examinada sob o prisma do interesse público posto em lide”.

Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s