BOTAFOGO CHEGA AO 20º TÍTULO DE CAMPEÃO CARIOCA

A conquista do Campeonato Carioca mexeu com os botafoguenses. Após vencer o Fluminense por 1 a 0 na decisão da Taça Rio, em Volta Redonda, os jogadores fizeram uma verdadeira maratona para comemorar junto com sua torcida. Empolgados, os alvinegros invadiram a sede do clube em General Severiano e puderam presenciar uma cena inusitada. Seedorf pegou o microfone e roubou a cena. O holandês cantou a música “One love”, de Bob Marley, e levou os torcedores ao delírio.

Antes, no entanto, Seedorf tentou iniciar um discurso e pediu silêncio para os botafoguenses. “Um minutinho por favor”, pediu o holandês, fazendo gestos com a mão. Mas de nada adiantou. Os torcedores voltaram a cantar músicas de exaltação ao clube. Neste momento, o holandês passou a cantar o reggae do cantor jamaicano. Os companheiros do camisa 10 caíram no riso e se divertiam com a cena.

carioca2013Os jogadores ficaram em General Severiano por cerca de 30min e depois seguiram para suas casas. Todos passaram pelo microfone e tiveram seu momento com a torcida.

Um dos mais empolgados foi Lodeiro. O uruguaio, inclusive, chegou a se debruçar no muro do segundo andar do casarão de General Severiano gritando: “vamos, vamos.. Campeão, é campeão”. O retorno foi imediato por parte dos torcedores. “uh, Lodeiro, uh Lodeiro”.

O local reservado para imprensa e jogadores também contou com a presença de alguns torcedores. Além de Seedorf, outro atleta muito assediado foi Rafael Marques, que marcou o gol do título neste domingo. O atacante usou paciência para lidar com os pedidos de foto e autógrafos e atendeu a todos os fãs. O jogador, inclusive, foi o último a deixar o saguão.

“Essa festa é maravilhosa. Depois de tudo o que passei aqui, de todas as vaias que recebi… Nada mais gratificante do que fazer esse gol. Estou muito feliz por tudo o que está acontecendo comigo e com o Botafogo. Esse time merece”, finalizou Rafael Marques.

Na capital amapaense a torcida alvinegra ganhou às ruas em carreata fazendo apitaço, mostrando a camisa e a bandeira do Fogão. A torcida gritava o nome do jogador holandês Seedorf e grande parte dela se concentrou ao longo da Beira-Rio. As comemorações entraram pela madrugada.

Em São Paulo a máxima de que futebol é bola na rede, não vingou; São Paulo e Corinthians ficaram no zero a zero, e nas penalidades máximas deu Corinthians, que assim decide o título paulista contra o Santos correndo atrás de um título inédito, o de tetracampeão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s