COM A INCORPORAÇÃO DA REGÊNCIA DE CLASSE O SALÁRIO DO PROFESSOR ULTRAPASSA PISO NACIONAL

Foi aprovada na manhã desta sexta-feira, 26, na Assembleia Legislativa do Amapá, a incorporação da regência de classe dos professores ao salário base. O Amapá era o único Estado da federação que pagava 100% de regência aos docentes que estão atuando em sala de aula.

A gratificação era destinada aos professores que atuavam, exclusivamente, em classe e àqueles que exerciam a docência como Coordenador Pedagógico nas unidades escolares da rede pública de ensino. Com a medida, professores da rede pública têm assegurado em seu salário base o valor da regência, que antes poderia ser retirado ao deixar de exercer atividades em sala de aula e ao se aposentar.

Com isso, o Governo do Estado valoriza a categoria, já que a partir de agora os professores da rede pública poderão assumir cargos de diretor, adjunto e secretário escolar sem ter perdas.

Outra vantagem da incorporação da regência é para professores do ensino especial, que ganham gratificação de 10% sobre o salário base. Com a medida, o valor dessa gratificação será dobrado. O mesmo ocorre com os docentes que ganham parcela compensatória de 15%.

A incorporação da regência ainda irá beneficiar aqueles professores que buscam qualificação, uma vez que, mesmo fora de sala de aula, não irão mais perder o benefício.

Salários

Conforme pesquisa publicada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), o Amapá e o segundo Estado da federação que melhor remunera seus professores do ensino público, nível médio. O Amapá aparece em 2º lugar, com remuneração, nível médio de R$ 2.344,68, e nível superior, o Estado fica em 4º lugar, pagando uma remuneração de R$ 2.940,22 aos professores.

Anúncios

5 Respostas para “COM A INCORPORAÇÃO DA REGÊNCIA DE CLASSE O SALÁRIO DO PROFESSOR ULTRAPASSA PISO NACIONAL

  1. De acordo com a lei nº 0779, de 30.10.2003, criada no governo Waldez, a regência já fazia parte da aposentadoria. Então até que ponto isso é benefício?

  2. Acredito que a desinformação é muito grande, primeiramente professor é apara estar em sala de aula, outro ponto regência não pode ser incorporada ao vencimento básico, isto foi mais uma manobra do governo medíocre do PSB sobre a péssima administração do governador Camilo Capiberibe.

    • A greve dos professores do Amapá, ou de uma minoria de professores,foi considerada ilegal pela Justiça o ano passado, e nem isso impediu que causasse prejuízos irreparáveis à sociedade numa parte essencial á construção de um País melhor,as crianças, que ficaram três meses sem professor e tiveram que entrar pelo ano de 2013 em sala de aula; trata-se, portanto, de um movimento irresponsável, motivado e apoiado por razões politicas, ja´que a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educacão respalda a informação de que o salário dos professores do ensino médio do Amapá é o segundo do Brasil; se a incorpração da regência de classe é ilegal,como vc alega, cabe ao sindicato recorrer da sua aprovação na ALAP,ao invés de radicalizar contra um governo que tem demonstrado preocupação com a valorização do professor e da educação, com a adoção de medidas concretas que apontam nesse sentido, como a construção de escolas modernas na Capital e no interior,além da aprovação do PCCR, que beneficia os docentes e acadêmicos da UEAP e o lançamento do edital para a construção do Campus da Universidade do Estado. Você deve ser professor e tem direito, sim, de emitir opinião sobre o governo Camilo, ou sobre qualquer um outro governo, mas perecebe-se que sua opinião está comprometida pela vista embaçada, pela miopia que o ódio incute nas pessoas que querem ver o circo pegar fogo, não se importando com o direito dos outros.Não uso esse espaço para dar vazão ao debate que não constrói, não respeita a sociedade, não ajuda o Amapá a crescer; se puder ser últil de outra forma, coloco-me à disposição, abraço.

  3. Você dizer que usa esse espaço para construir alguma coisa e brincadeira. Deveria estar falando das escolas caindo aos pedaços, merendas escolares racionadas, professores desmotivados etc etc etc.Queria muito que nossos governantes e defensores como você utilizassem dos serviços educacionais, medicos e de segurança administram, pois seria o mais correto se eu faço teria por obrigaçao de usar, mas essa nao e a nossa realidade, quanto BURRA nossas crianças melhor para voçes que estao colocando FOGO NO CIRCO E NOSSAS CRIANÇAS

    • Se vc, que é professor, se der o trabalho de consultar os últimos posts do meu blog, vai encontrar matéria sobre o Grupo Escolar Barão do Rio Branco,onde fiz meu Jardim de Infância e o primário, em que apoio francamente à manifestação dos professores, dos etudantes e dos pais dos alunos pedindo melhorias para escola – e o GEA já foi ouví-los, ao que me consta; o que a gente pede de vcs professores é equilíbrio, que não sirvam de massa de manobra para maus políticos, que sejam justos com quem trabaha, com aqueles que respeitam a sociedade e o dinheiro público;claro que tem escolas caindo aos pedaços, claro que a saúde precisa melhorar, claro que a cidade está esburacada, claro que temos problemas, mas é preciso reconhecer que esses problemas não se apronfudaram por causa do governador Camilo, que herdou um estado destruido por uma quadrilha que foi bater no Presídio da Papuda, em Brasília, vc sabe disso? Vcs têm que reconhecer que os 7 anos e 4 meses do governo Waldez, os 8 meses de Pedro Paulo Dias, os últimos 4 anos de João Henrique Pimentel e os 4 do Roberto Goés,sobre quem vcs não fazem uma crítica sequer, foram horrorosos para o Amapá, reconheçam isso! O professor qualificado é importante e tem o dever de fazer avaliação corrreta dos fatos…Por exemplo: perguntar se um governo de 2 anos e 4 meses que constrói escolas e praças esportivas (arenas),que oferece notbook aos professores,reajuste acima da inflação, e que acaba de concretizar o PCCR do corpo docente e assinar o edital da construção do campus da Ueap,está trabalhando de fato, perguntar se está fazendo alguma coisa pela categoria e pelo povo do Amapá; perguntar a si mesmo se o atual governo se nega ao diólogo (ao que me consta recebeu o Sinsepeap em seu gabinete e mandou ouví-lo mais de cinco vezes o ano passado), se o atual governo é corrupto ou está fazendo de fato alguma coisa pra tirar o Amapá do buraco; outra coisa, eu nasci na Maternidade Mãe Luzia, não sou perfeito, claro, mas tenho raízes profundas nesta terra, 47 anos fazendo imprensa entre rádio, jornal, televisão e redes sociais;e quando faço jornalismo, não recebo propina pra fazê-lo, não faço jornalismo para agradar governantes de plantão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s