BORÚSSIA REPETE BAYERN E METE QUATRO NO REAL MADRID

Lewandowish fez quatro e complicou a vida do Real Madrid

Lewandowish fez quatro e complicou a vida do Real Madrid

Se o Bayern de Munique mostrou a força do futebol alemão na última terça, ao golear o Barcelona por 4 a 0, o Borussia Dortmund ratificou o poder teutônico nesta quarta. Em partida inspirada do atacante Lewandowski, autor de quatro gols, a equipe aurinegra atropelou o Real Madrid por 4 a 1, em Dortmund, e agora pode perder por até dois gols de diferença em Madri que ainda assim vai à final da Liga dos Campeões.

Esta, inclusive, foi a primeira vez na história das competições europeias que um jogador fez quatro gols em cima do time merengue, que é o maior vencedor da história da Champions League.

O Borussia também se tornou apenas o segundo time a fazer quatro gols em cima do Real Madrid desde que o técnico José Mourinho assumiu a equipe, em 2010. O outro foi o Barcelona, que fez 5 a 0 nos blancos, logo no ano em que o português assinou com a equipe da capital espanhola.

A festa de Lewandowski começou logo no início do jogo, quando o camisa 10 Götze cruzou da esquerda e o artilheiro deu uma voadora para mandar para dentro. Havia dúvidas se o meia jogaria com vontade, já que foi vendido para o Bayern de Munique na última terça, mas o jovem atleta respondeu com grande atuação.

Uma bobeada da zaga alemã, porém, deu de presente o empate para o Real ainda no primeiro tempo: Hummels tentou recuar e deu de graça para Higuaín, que rolou para Cristiano Ronaldo, sem goleiro, tocar para as redes.

Na segunda etapa, porém, o Borussia voltou cheio de vontade e sufocou o Real Madrid. Lewandowski precisou de apenas 16 minutos para fazer mais três e praticamente “matar” os merengues.

Primeiro, Reus chutou de fora da área e a bola sobrou para o matador mandar de bico para o gol. Cinco minutos depois, ele amorteceu cruzamento rasteiro, driblou Pepe e fuzilou Diego López com um chute no ângulo.

Quando o estrago já era grande, Xabi Alonso ainda fez pênalti em cima de Reus. Lewandoski pegou a bola, encheu o pé e anotou mais um. Na comemoração, ainda tirou onda e saiu fazendo o número quatro com as mãos para a torcida, que, como sempre, encheu o Signal Iduna Park.

O polonês ainda teve duas outras boas chances de fazer ainda mais gols, mas o goleiro Diego López salvou. A melhor defesa foi em em chute colocado de fora da grande área, que o arqueiro defendeu de mão trocada.

A partida de volta será na próxima terça-feira, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O Real precisará buscar uma vitória por quatro gols de diferença para avançar direto à final – em caso de placar repetido, o duelo vai para a prorrogação. Já o Borussia joga por um empate ou pode até mesmo perder por dois gols de diferença.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s