FEDERAÇÕES ESTADUAIS APROVAM CONTAS DE MARIN E A COMPRA DA NOVA SEDE DA CBF

As contas da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em 2012 foram aprovadas pela assembleia-geral da entidade, encerrada no início da tarde desta terça-feira.

O presidente da CBF, José Maria Marin, abriu a reunião com explicações sobre a compra da nova sede da CBF –documentos publicados pela Folha nesta terça apontam superfaturamento no negócio feito no ano passado.

O cartola apresentou avaliações de três consultorias do ramo que comprovariam que os R$ 70 milhões gastos na transação estariam dentro do padrão do mercado.

Três presidentes de federações fizeram parte da comissão formada por Marin para aprovar a compra da sede da CBF. São eles o presidente da Federação Goiana, André Pitta, o de Santa Catarina, Delfim Peixoto, e o do Rio Grande do Norte, José Vanildo Silva.

Marin anunciou a compra do prédio (foto), com oito salas comerciais, no dia 27 de junho, mas só assinou a aquisição no dia 31 de agosto. Nesse período de dois meses, cinco das oito salas foram vendidas a intermediários por R$ 12 milhões. As mesmas foram repassadas para a CBF por R$ 43 milhões. Outras três foram vendidas diretamente por R$ 27 milhões.

O novo prédio da CBF, localizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, passa por obras; nova sede foi comprada por R$ 70 milhões

“Se antes [dois meses] custou mais barato, fazer o quê?”, disse o presidente da Federação do Tocantins, Leomar Quintanilha, ao sair da reunião. “Estou tranquilo por ter ouvido o presidente”.

Questionado sobre o desgaste da imagem de Marin, o presidente da Federação Paranaen

se de Futebol, Hélio Cury, respondeu: “Não cabe a mim esse tipo de avaliação”.

No hotel em que estão hospedados, na Barra, alguns presidentes de federação receberam mimos da CBF. A confederação deixou nos quartos uma bolsa recheada de material esportivo. As mulheres dos cartolas também estão no Rio e vão fazer programação turística nesta terça-feira.

Recentemente, vídeos vazados no Youtube mostram Marin afirmando que manipula as votações na CBF com jantares e garrafas de uísque para os preside

ntes de federação. Há dez dias, quando foi abordado pela Folha na Bolívia para falar do assunto, Marin disse que não falaria sobre “montagens” e “intrigas.

Goés aprovou conta de Marin e fez boca de siri sobre compra superfaturada da nova sede da CBF

O presidente da Federação Amapaense de Futebol, Roberto Goés (foto), foi à reuniãoo da CBF e votou pela aprovação das contas de José Maria Marin e nada falou sobre a compra da nova sede da entidade adquirida por valor superfaturado de setenta milhões de reais, segundo noticiário da midia nacional.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s