OLHA ESSA AÍ QUE VEM LÁ DA BAHIA DE TODOS OS SANTOS!

NELSON BARROS NETO
DE SALVADOR

2014 Arena Itaipava Fonte Nova, a ser inaugurada esta semana

O estádio (foto) que receberá os jogos da Copa do Mundo e das Confederações em Salvador irá se chamar Itaipava Arena Fonte Nova. A confirmação ocorreu na manhã desta segunda-feira (1º), seis dias antes da partida de abertura. Há duas semanas, a Folha antecipou a informação.

Até hoje, o governo da Bahia e as empresas envolvidas negavam o acordo.

O contrato pelos direitos do nome da Fonte Nova custará R$ 10 milhões por ano até 2023 –totalizando R$ 100 milhões– ao Grupo Petrópolis, do Rio de Janeiro, que controla a Itaipava e outras cinco marcas de cerveja, duas de energético e outras duas de vodca.

A ideia é fortalecer a marca Itaipava no Estado. A companhia está instalando uma fábrica em Alagoinhas (a 108 km de Salvador), onde já existe uma unidade da rival Schincariol. Um acordo semelhante para batizar a Arena Pernambuco também está sendo costurado pela Itaipava.

Do Editor

Como se já não bastasse a apologia ao alcoolismo que a música sertaneja produz e faz entrar nas nossas casas através da mídia (beber,beber,beber!), agora é o governo da Bahia e o futebol que estimulam o uso de bebida alcóolica nos campos de futebol.

A cerveja bebida em excesso é uma droga que mata no trânsito, que destroi famílias e arrebenta os nossos jovens, daí a se estranhar que uma cervejaria, a  Itaipava, venha a incorporar seu nome à um estádio que será usado na Copa das Confederações e na Copa do Mundo de 2014.

Pior é que a moda pode pode chegar à outras praças e estádios que sediarão jogos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo do ano que vem, já que a Itaipava negocia com o Governo do Amazonas e os dirigentes do futebol local, e o fechamento do negócio mudando tambem o nome da Arena Amazônia para Arena Itaipava pode ser anunciado nas próximas horas.

Esporte e bebida alcoolica não casam, mas não é de hoje que a FIFA dar o mau exemplo, ela que é patrocinada pela cervejaria Budweiser, gigante americana que quebrou a resistência das autoridades brasileiras  e fez valer seus interesses ao conseguir a liberação e venda de bebida alcóolica nos estádios durante os jogos da Copa das Confederações, que começa em julho, e da Copa do Mundo de 2014, mostrando que no Brasil quem tem dineiro pode tudo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s