BOTAFOGO VENCE A TAÇA GUANABARA E VASCO SEGUE EM JEJUM

Seedorf, cerebro do Bota, reclama com juiz da decisão

Seedorf, cerebro do Bota, reclama com juiz da decisão

O Botafogo levou a melhor mais uma vez em uma decisão contra o Vasco. Neste domingo, o Alvinegro de General Severiano venceu por 1 a 0 e conquistou a sua 7ª Taça Guanabara. O lateral direito Lucas marcou o gol do título em partida disputada no Engenhão. Com o resultado, o Cruzmaltino segue sem triunfar em um turno no Rio de Janeiro há nove anos. Nas últimas dez finais entre os adversários, o clube da Estrela Solitária venceu nove e está antecipadamente garantido na finalíssima do Estadual. Se também conquistar a Taça Rio, o time do técnico Oswaldo de Oliveira será campeão carioca sem a necessidade de uma decisão.

Dono da vantagem do empate, o Vasco iniciou a partida adotando forte marcação e buscando sair nos contra-ataques. Por sua vez, o Botafogo tentava agredir a meta adversária com frequência. A primeira chance clara foi cruzmaltina. Aos 9min, Carlos Alberto recebeu cruzamento na área pela esquerda, mas finalizou do lado de fora da rede de Jefferson. A equipe de General Severiano respondeu com falta cobrada aos 15min por Lodeiro. Alessandro fez boa defesa.

O forte calor na Cidade Maravilhosa não impediu um clássico disputado e bastante corrido. A preocupação vascaína com Seedorf era clara, enquanto o Botafogo tentava neutralizar Carlos Alberto e Bernardo. O Gigante da Colina tinha dificuldades para trocar passes em sequência. Com isso, o Alvinegro voltou melhor após a parada técnica. Tanto que teve boa oportunidade aos 35min. Fellype Gabriel recebeu passe na área do Vasco e finalizou por cima do gol de Alessandro.

A primeira etapa terminou com o Botafogo pressionando. Aos 46min, Seedorf cobrou falta para mais uma defesa de Alessandro. Os times foram para o vestiário com a festa das torcidas nas arquibancadas. O padrão não mudou no início do segundo tempo. Precisando vencer, o Alvinegro se atirou ainda mais ao ataque.

Aos 19min, Seedorf cruzou com perigo da ponta esquerda. A bola bateu em Thiago Feltri e passou com rente à trave esquerda de Alessandro. O Cruzmaltino respondeu aos 30min. Carlos Alberto tentou voleio no canto esquerdo de Jefferson. O goleiro evitou o gol. Mas aos 34min, o Botafogo conseguiu marcar o gol do título.

Após jogada pela esquerda, Bolívar recebeu cruzamento na área e tocou para Lucas. O lateral chegou na entrada da defesa vascaína e mandou firme no fundo do gol de Alessandro. O Vasco ainda marcou aos 37min, mas o gol foi anulado pela arbitragem em razão de impedimento. Não deu tempo para mais nada. Festa Alvinegra e decepção vascaína no Engenhão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s