SOCIEDADE

Senhor FaçanhaDiva FaçanhaANIVERSARIANTE ILUSTRE – A família Dias Façanha, amigos e a sociedade amapaense comemoram, neste dia muito espcial, 4 de fevereiro, uma mulher também especial, a senhora Diva Façanha, que completa 93 anos de idade, ela que nasceu em 1920 em Icoaraci, no Estado do Pará, e chegou à Macapá em 1939 acompanhada do marido, outro pioneiro do Amapá, Lourenço Borges Façanha (foto), já falecido. Ele nasceu no município de Tefé, no Estado do Amazonas, em 8 de janeiro de 1910, onde permeneceu até aos 17 anos de idade; foi para Belém do Pará, alistando-se no 26º Batalhão de Caçadores do Exército, sendo destacado para servir no Amapá, em Clevelândia, Oiapoque, em 1939, ali permanecendo até 1941, quando deu baixa da corporação para se radicar em Macapá, dedicando-se a atividade comercial.

Lourenço Borges Façanha, mais pra trás um pouco, participou dos embates da revolução constituciolista de 1932 como soldado do exército brasileiro. Ainda foi Prefeito do Município de Amapá, de 1954 a 1957, e funcionário público até seu falecimento em 1973; fundou o Rotary Clube de Macapá, o Esporte Clube Macapá e Associação Comercial e Industrial do Amapá. O casal, Lourenço Borges Façanha e a esposa Diva (foto), aniversariante de hoje, gerou, educou e formou quatro filhos: Maria de Lourdes Façanha (professora e bibliotecária), José Dias Façanha (engenheiro-agrônomo), no momento atuando como chefe de gabinete na presidência do TJAP, Antônio Celso Façanha (engenheiro de minas) e Luis Guilherme (engenheiro florestal), este radicado há muitos anos em Recife. Em 1973, o prefeito de Amapá, Leonel Nascimento, prestou-lhe justa homenagem, denominando de Lourenço Borges Façanha uma das escolas do município que foi a primeira capital do Território Federal do Amapá.

Por essas duas  histórias de vida, de Lourenço e Diva, vidas e histórias  que se entrelaçaram para constituir uma bela família e gerar filhos e cidadãos utéis ao Brasil e à sociedade amapaense, é mais que nossa obrigação reconhecer o que esses pioneiros fizeram pelo Amapá, dando exemplo de amor à terra generosa que os acolheu, creio, que para sempre. Loureço Borges Façanha já cumpriu sua missão e a dona Diva Façanha, como funcionária pública e mãe de família exemplar, hoje, aos 93 anos de idade, colhe o que plantou com a maior dedicação: carinho e amor dos filhos, dos netos, dos bisnetos, além do respeito e  admiração da sociedade amapaense. A recepção, um almoço a ser servido aos familiares, convidados e amigos de Diva Façanha, acontece na elegante Kristal Recepções, na Duque de Caxias, Centro, a partir das 12,00 horas. Parabéns do Blog.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s