PM E POLICIA LEGISLATIVA IMPEDEM POVO DE SE MANIFESTAR CONTRA ELEIÇÃO DE RENAN

Impedidas de limpar o Senado, entidades fazem cruz.

Manifestantes que protestam contra provável eleição de Renan foram impedidos de lavar a rampa do Congresso. Polícia Legislativa reforçou a segurança com ajuda da Polícia Militar.

Sem poder chegar até a rampa do Congresso, manifestantes fizeram uma cruz no gramado

Cerca de 30 pessoas participaram nesta quarta-feira (30) de uma manifestação contra a provável eleição do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) como presidente do Senado. Impedidos pela segurança da Casa de lavar a rampa de entrada do prédio do Congresso Nacional, os manifestantes acabaram fazendo uma cruz com as próprias vassouras no gramado em frente à sede do Parlamento brasileiro. A manifestação começou por volta das 15h30. Primeiro, o grupo retirou as vassouras deixadas no gramado em frente ao Congresso. Depois, desceu em direção à rampa. “Nós não tínhamos pensado na cruz. Acabamos fazendo isso porque o Senado proibiu o nosso ato, mesmo com um senador fazendo o pedido”, disse Antonio Carlos Costa, do Movimento Rio da Paz, em referência a Cristovam Buarque (PDT-DF), que havia solicitado autorização para a realização do ato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s