PRAÇA BARÃO DO RIO BRANCO PEDE UM PROJETO

Do Editor

DSC00437É uma das praças mais antigas de Macapá, local que por si só conta muitas estórias de encontros, de romances que viraram casamentos, que geraram filhos; estórias  sobre a nossa cidade, a nossa juventude, as festas cívicas, o nosso amor pelo esporte praticado ao ar livre desde que Janary Nunes a construiu, nos primeiros anos do Verde Território da Esperança. Mas o tempo passou e as festas cívicas desapareceram ou foram transferidas para outros lugares; os casais ainda estão lá, é verdade, e  a prática do esporte ao ar livre também, mas uma das alas da praça foi ocupada, sem qualquer critério, por lanchonetes que ‘entulham’ parte da Coriolano Jucá, São José e até da Iracema Carvão Nunes. As quadras e os equipamentos para a prática do voleibol, basquetebol e futebol de salão, futebol na areia apresentam precário estado de conservação. Outro problema é que as quadras e o espaço para a prática do futebol, não possuem telas de proteção, como acontece nas modernas arenas urbanas dos dias de hoje, o que quer dizer que uma bola chutada com violência pode tirar um cachorro-quente da boca de uma criança ou acertar uma mulher grávida na parada de ônibus, logo ali. Tendo assumido a PMM com a força da esperança do povo, tomara que o prefeito Clécio Luis (PSOL) encontre os recursos e a parceria necessários para a revitalização de uma praça que conta muito da história da cidade de Macapá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s