POLICIA COMEMORA AÇÃO CONTRA BINGO E JOGO DO BICHO EM MACAPÁ

Em apenas quatro meses de investigação feita pela Polícia Civil foi possível tonar pública a ação contínua e delituosa de pessoas envolvidas com jogos clandestinos na zona urbana de Macapá.

A polícia denominou de operação “Circulo de Fogo” a investida contra bingos e casas de jogos do bicho. Em um prédio, já conhecido pela prática de jogatinas, na rua Santos Dumond, em frente à praça no bairro Buritizal, zona Sul de Macapá, os agentes flagraram muitas pessoas contabilizando lucros e administrando o negócio.

Em três horas, dando cumprimento às ordens judiciais em vários pontos da cidade, os agentes encontraram uma pistola calibre 380, muitas peças em ouro, mais de R$ 60 mil em espécie e diversas caixas com documentos que comprovam a ação delituosa investigada.

O Círculo de Fogo foi coordenado pelo delegado Leandro Leite, da Delegacia de Repreensão aos Crimes Fazendários, e contou com o apoio de mais de 80 policiais e 25 delegados e promotores do Ministério Público (MPE) ligados à Promotoria de Investigação Cível e Criminal (PICC).

O promotor Marco Antônio disse que o MPE atua em conjunto com a Polícia Civil e acompanha o trabalho de investigação com o único objetivo: combater as ações criminosas.

Na avenida Padre Júlio Maria Lombaerde, no centro da cidade, uma loja de confecções servia de fachada para esconder uma grande atividade de jogos eletrônicos. “Lá havia sistema de monitoramento de vídeo, cofres, oficina para recuperação das máquinas, cozinha semi-industrial, telão eletrônico, ou seja, coisa bem sofisticada”, avaliou o promotor.

Um caminhão baú da Delegacia Geral foi usado para transportar as máquinas até a Central de Flagrantes no bairro Pacoval.

O coordenador da operação disse que o esquema de jogos de Macapá está relacionado ao que existe no Rio de Janeiro, por isso uma cópia do inquérito será encaminhado à polícia daquele Estado.

Ao final da operação, foi constatado que a polícia cumpriu 15 mandados de busca e sete de prisão. Nos locais onde havia indícios de ilicitudes, cerca de 60 pessoas receberam voz de prisão em flagrante, pois estavam ligadas diretamente ao negócio.

De acordo com o delegado, eles vão responder por sonegação fiscal, formação de quadrilha e lavagem de capitais, crimes previstos na Lei nº 8.137.

Anúncios

2 Respostas para “POLICIA COMEMORA AÇÃO CONTRA BINGO E JOGO DO BICHO EM MACAPÁ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s