MARIN ANUNCIA FELIPÃO DAQUI A POUCO

Seleção Brasileira O presidente da CBF, José Maria Marin, disse na quarta-feira que duas razões o levaram a antecipar para esta sexta o nome de Luiz Felipe Scolari como o técnico da seleção brasileira.

Primeiro, e mais importante, o pedido direto do presidente da Fifa, Joseph Blatter, e do secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.

“Eles me disseram que o anúncio produziria uma agenda positiva para o sorteio dos grupos da Copa das Confederações no sábado.”

A segunda razão para antecipar seu cronograma (pretendia anunciar o técnico em janeiro) seria para evitar um efeito ruim no mercado de renovação de técnicos no futebol brasileiro: muitos poderiam ficar esperando para saber se tinham chance de serem escolhidos pela CBF.

“Principalmente o Tite, do Corinthians, que eu desejo que vá totalmente focado com o time para o Mundial de Clubes no Japão”, diz Marin.

O cartola disse que o novo técnico terá “total liberdade na montagem do time e nas convocações”. Mas deixou claro que quer ver a lista 48 horas antes da divulgação.

Christophe Simon/AFP
Marin (esq.) conversa com Ronaldo durante evento no Rio de Janeiro, na segunda
Marin (esq.) conversa com Ronaldo durante evento no Rio de Janeiro, na segunda

Folha – É oficial a nomeação de Luiz Felipe Scolari para técnico e de Carlos Alberto Parreira como coordenador?
José Maria Marin – É oficial. Eles serão anunciados amanhã [hoje], às 10h30. Só não vai ser na sede da CBF porque o local não comportaria o número de jornalistas presentes. Será em um hotel.

Já conversou com ambos?
Claro. Mas quero deixar registrado que antes de acertar em definitivo com o Parreira eu falei com o Felipão. Ele me disse que recebia o nome do Parreira com a maior alegria. Fiquei até arrepiado, porque o Felipão me disse que dava nota mil para o Parreira. Teremos dois campeões do mundo ajudando a seleção.

O sr. disse que iria anunciar o novo técnico em janeiro. Depois, antecipou para a semana que vem. Agora, ficou para esta semana. O que aconteceu?
Eu percebi que se fosse em janeiro iria prejudicar o mercado brasileiro de contratações neste final de ano. Muitos técnicos estão para renovar seus contratos e poderiam ficar desfocados de seus clubes esperando a definição na seleção. Principalmente o Tite, do Corinthians, que eu desejo que vá totalmente focado com o time para o Mundial de Clubes no Japão. Então, eu iria antecipar para a semana que vem o anúncio do novo técnico.

Mas acabou ficando para esta semana. Por quê?
Por uma razão muito simples. E essa foi a razão principal. Numa conversa hoje [ontem] com o Joseph Blatter [presidente da Fifa] e com o Jérôme Valcke [secretário-geral da Fifa] eles me disseram que o anúncio do Felipão e do Parreira produziria uma agenda positiva para o evento desta semana, de sorteio dos grupos da Copa das Confederações. Inclusive porque há uma entrevista coletiva dos técnicos na sexta-feira [amanhã] e seria uma pena a cadeira do Brasil estar vazia. Em consideração ao Blatter e ao Valcke, que fizeram uma ótima sugestão, vou anunciar os nomes oficialmente nesta quinta-feira [hoje].

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s