Política & Cidadania

João Silva

 MAMATA

Cidadão de Paracatu-MG, 1º negro a presidir o STF, Joaquim  Barbosa promete agilidade no julgamento do processo que acaba com o salário vitalício dos ex-governadores de Rondônia e, por extensão, de onde mais estiver em vigor mamata indecorosa.

Outra coisa insuportável é ver uns e outros insistindo em titular o sujeito de disso, daquilo, quando o cara não é mais senador, não é mais prefeito, não é mais deputado, não é mais governador, e por aí afora.

FEDEU DE VEZ

A cidade foi entregue aos urubus, sem qualquer exagero, amigo. A coleta de lixo, que já era precária, ficou pior de uns dias pra cá, e varrição nem pensar!

O centro comercial foi invadido por uma onda de papelão que depois de usado pelos flanelinhas, é largado nas calçadas, nos jardins do Teatro das Bacabeiras e nas vias públicas de Macapá sem que a PMM venha recolher a sujeira. No dia seguinte, os empresários dão mais papelão ao flanelinhas.

DESESPERANÇA

O não-cumprimento da lei que estabelece o teto salarial segue resistindo, segundo Procurador do Ministério Público junto ao TCU, Marinus Marsico, que dedica, em vão, tempo integral a resolução do problema.

Ele criou coragem para dizer que falta vontade política para o cumprimento da lei que estabelece o teto em R$ 26, 7 mil, o equivalente ao salário dos ministros do STF.

Marinus afirma que apesar da lei ainda existem 3,9 mil super salários no serviço público brasileiro e que o Legislativo, o poder que elabora as leis, está no topo da cadeia dos super salários no País.

DOIS PESOS

O problema do combate à corrupção no Brasil é a diferença que se faz dos ilícitos dependendo de quem os prática. No caso do Escritório da Presidência da República em São Paulo, parece que a presidente está muito à vontade, disposta a arrancar o mal pela raiz.

Normalmente quando a denúncia atinge peixe graúdo, gente  de alto coturno na política e na República, pisa-se em ovos, quando não é caso de se providenciar a varrição dos ilícitos pra debaixo do tapete e fazer a defesa dos envolvidos – vide Lula e o pessoal do mensalão.

OTIMISMO

José Ramalho acha que apesar das travancas, elas serão vencidas e deve sair mesmo a federalização da Companhia de Eletricidade do Amapá, segundo ele a melhor saída para a solução do problema. Ele não me disse isso, mas acho que as travancas não deveriam existir em um setor, o de minas e energia elétrica, em que o ministro titular é indicação de José Sarney, que é senador pelo Amapá e presidente do Senado Federal.

CIDADANIA

Todo mudo tem direito de ganhar o pão de cada dia, ninguém quer impedir que as pessoas trabalhem, mas é preciso assegurar lazer com segurança. Em Brasília uma mocinha foi arremessada da cadeira de uma roda gigante e outras tantas já se feriram ou morreram nessas geringonças. O Amapá é o paraíso dos brinquedos eletrônicos. O que precisa saber é se existe fiscalização e se a fiscalização funciona no sentido de evitar acidentes aos usuários desses brinquedos que emocionam a garotada de Macapá carente de boas opções de lazer.

ESTRANHO

Contrariando o ministro Joaquim Barbosa pregando justiça sem firulas, rodeios, rapapés, pegou mal a decisão do juiz Mário Mazureck ao negar provimento a ação do MPE pedindo o  afastamento do prefeito Roberto Goés, que não sabe explicar direito onde meteu quase 15 milhões de reais que descontou dos servidores municipais, e não repassou aos bancos para quitar parcelas do empréstimo consignado, como deveria ser feito.

SELEÇÃO

A queda de Mano Menezes é coisa de cartola brasileiro, justo no momento em que o treinador parecia achar o grupo certo e a formação ideal para a seleção, que ano que vem já enfrenta o desafio da Copa das Nações em casa.

Certo é que a turma do Marin trava uma luta contra o tempo a exigir acertos e vitórias de imediato. O novo técnico não vai ser fácil, eis a primeira grande dificuldade, cujo anuncio, malandramente, empurrou para o mês de janeiro. Quanto ao Mano, acho que ele saiu por cima, apesar dos pesares.

UMAS & OUTRAS

Há, sim, no caso Eliza Samúdio verdades solares que poderiam ter encurtado a jornada da justiça no trabalho de julgamento dos fatos e apuração das responsabilidades de cada um dos réus envolvidos na execução da modelo; uma delas é que o goleiro Bruno é o chefão, o cara da grana, e os outros seus empregados, subordinados, dependentes<> Deve apodrecer atrás das grades, ele que ainda alimentava pretensão de disputar a Copa de 2014<>A manchete do jornal Diário do Amapá de domingo, sobre decisão do ministro Joaquim Barbosa, virou samba do crioulo doido…Vá entender!<>Eu vi o artista plástico e carnavalesco R.Peixe, e mais um punhado de grandes sambistas, criar a Embaixada de Samba Cidade de Macapá, que se transformou, infelizmente, nessa coisa horrorosa que sai no carnaval de rua do Amapá, de uns tempos prá cá<>A Embaixada deixou de ter pretensão à titulo, e virou uma brincadeira que ainda está por aí só pra justificar a grana que recebe do governo<> O Rio reage a possibilidade de perda de recursos provenientes da exploração de petróleo em seu território, e vai às ruas com o povo, artistas, políticos, intelectuais, pedir a presidente Dilma que vete projeto de lei que muda a regra do jogo<>Decoração do natal e ano novo já ilumina o comércio e o centro da cidade como resultado de convênio celebrado entre o GEA e a ACIA pra deixar a cidade mais bonita no natal e ano novo<>Não custava nadinha o Aroldo Pedrosa, Diretor do Teatro das Bacabeiras, dar uma atenção melhor à área externa da imponente casa de espetáculo do povo amapaense, incluindo a área verde, emporcalhada pelos flanelinhas que trabalham na General Gurjão; depois de usar grande quantidade de papelão para cobrir para brisas de automóveis, e faturar com esse “serviço”, eles deixam as calçadas, jardins e via pública  entulhadas de sujeira que vai se amontoando, já que a PMM não entra na General Gurjão faz algum tempo<> Talvez uma parceria, um trabalho de conscientização pudesse evitar os males que essas coisas causam ao aspecto da nossa cidade, não acham?<> Por hoje é o que há, até mais ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s