IMPRESSÕES

O AVANÇO DO PSOL E A FORÇA DO PSB

Rupsilva

É impossível negar o avanço do PSOL com as eleições de Randolfe Rodrigues ao Senado e Clécio Vieira a Prefeitura de Macapá. Como não se pode negar o papel da direita nesse processo de crescimento que nem o mais entusiasta militante imaginaria que pudesse ocorrer em  tão pouco tempo.

Esse quadro de inverossimilhança – que levou o partido juntar-se à direita, levado em frente pela vontade avassaladora de chegar ao poder, colocou o PSOL diante de um dilema. De como lidar com duas forças políticas diametralmente opostas, feito água e óleo, como a Direita de Lucas Barreto [PTB], Jorge Amanajas [ PSDB], Davi alcolumbre [DEM] e por que não dizer Sarney do PMDB contra o PSB/PT cujos programas, ideias e compromissos nada tem em comum?

Digo isso por que o conflito está colocado, e vem a tona toda vez que Clécio Vieira, o novo alcaide,  reconhece e agradece ao PSB, fator que considera fundamental para sua vitória no segundo turno. Situação que vaga pela aí com tal força que fica também impossível negá-la, a ponto de considerar importante a entrada do PSB na reta final e sua inconteste influencia na vitória.

Aí mérito para a decisão de Camilo Capiberibe, do pai e da mãe, em colocar o partido em campo para eleger Clécio, uma tomada de posição que demonstra de forma madura e cabal que para eles e para o PSB [o único que funciona de  verdade como partido] que o Amapá está na frente de tudo.Prevalece sobre tudo e todos.

E por ele vale a pena esquecer as injustiças, a negação, o não reconhecimento, a intolerância [do SINSEPEAP e falsa imprensa, por exemplo],  dos que abominam a ideia de um governo que dirija suas ações para a sociedade e feche os cofres para a pilantragem e malandragem que enriquece muita gente ainda.

De um modo geral são pessoas imaturas, inacabadas, que não conseguem avançar suas ideias pelo ódio que comandam suas ações. O Amapá está cheio de gente assim.

Nesse aspecto Clécio Vieira tem sido didático e justo com o governador Camilo com quem quer se associar para realizar as obras de reconstrução da cidade. O lance do Lula apoiando Roberto Goes foi a senha que faltava,  daí a ficha ter caído. Afinal o grão duque gonçalvino preparara um “golpe” a seu estilo para trazer de volta seus amigos da harmonia, algo que o PSOL percebeu a tempo [ainda bem], retornando ao ninho antigo, atendendo o chamado da sua própria natureza.

É óbvio que tem compromissos a resolver pelo caminho com aqueles que ajudaram sinceramente. Como sabemos de sobra o modus operandi da harmonia vai ficar difícil separar um do outro. Todos, nesse ponto, parecem coreanos, são todos iguais. Mas é bom não deixar pendências para trás.Nem ressentimentos, o estado de ânimo predileto dos políticos amapaenses.

Depois da inquietude do desconforto, o alívio  trazido por decisões e atitudes nobres que só engrandecem os homens cônscios de suas responsabilidades sociais, vou ficar devendo essa ao senador Randolfe que de minha parte recebeu um tratamento duro, mas sincero, pois achava um desperdício, tal qual seu partido, sua estação montada nos arraiais da harmonia.

Acho que a coisa é pra valer. Não acredito em blefe, como insinuam alguns. Que Clécio e Randolfe se quedaram a duas realidades: uma a iminência de perder uma eleição e  a outra, a necessidade de contar com a ajuda do governo para superar as dificuldades que vai encontrar na Prefeitura.

Não acredito que seja por isso. Penso que o PSOL rendeu-se à realidade, às controvérsias e até hostilidades a nível nacional que nunca aceitaram o “comando” de Sarney. Depois é público e notório que a eles vai caber a missão de dirigir o Estado doravante. E um governo só caminha com suas lideranças unidas pelo bem comum.

Mas cabe ao temo a palavra final, como senhor da razão. Nem tão pouco tenho a pretensão de repetir o líder chinês Chu- En Lai que perguntado sobre as consequências da Revolução francesa para a humanidade respondera, dois séculos depois, que ainda era cedo pra dizer.Vamos dar uma chance a Clécio Vieira , ao Randolfe e ao PSOL. Por todos nós e pelo Amapá.

—————————————————————————–

POUCAS & BOAS

SINTETICO E OBJETIVO. Cansado dessa lenga-lenga, velha e bolorenta da tal “ oligarquia familiar” imputada a  Capiberibe só pelo fato de serem diferentes, não se misturarem e querer o bem do Amapá, o pessebista Claudio Pinho, engenheiro, ex-candidato ao governo, homem que conhece a historia do PSB, um dos seus fundadores, detonou a tese com um artigo sintético e objetivo ou curto e grosso se preferirem. Excelente diria. Coisas desse tipo ajudam a jogar para o limbo da historia essas invencionices criadas por motivos subalternos, derrubar mitos e crendices. Parabéns companheiro Claudio, bela peça.

A HERANÇA DE CLÉCIO. Guardadas as devidas proporções o novo Prefeito Clécio Vieira, pelo jeito, vai ter que enfrentar o mesmo quadro caótico que atrapalhou o governo do Estado mais de um ano na tentativa de ajeitar as coisas.Ainda bem que,calcado na azeda experiência, Camilo Capiberibe vai ajudar o governo municipal e a  todas as demais prefeituras do Estado desde que demonstrem competência e honestidade com a aplicação dos recursos públicos.A partir de janeiro as coisas deverão melhorar com o fim da isenção dada a industria, o aumento do FPE a patamares compatíveis com as necessidades dos Estados e o aporte de recursos do empréstimo do BNDES.

A DIREITA ESTRIBUCHA. Era inevitável e quimicamente impossível,   água e óleo se misturarem. A turma da direita que apoiou primeiro Randolfe [ 2010] e depois Clécio , nesse pleito, não anda muito satisfeita com os mimos do novo Prefeito ao governador Camilo e ao seu PSB. Tem gente emburrada, fazendo beicinho, batendo o pé e até ameaçando um retorno a casa do patriarca que não garantiu a parada. A isso podemos chamar, sem erro, de falta de grandeza e visão de Estado. O pior mesmo e que ainda tem gente dentro do PSOL que pensa igual.

Por hoje é só.

 

 rupsilva_ap@hotmail.com.br

 

Anúncios

3 Respostas para “IMPRESSÕES

  1. PULA DESSA CANOA FURADA,CLÉCIO. O POVO JÁ DEMONSTROU QUE DEMAGOGIA NÃO GANHA VOTOS. O POVO DEMONSTROU NA ULTIMA ELEIÇÃO QUE APRENDEU A LIÇÃO DE CASA. SE VOCÊ, CLÉCIO, SE ALIAR AO PSB PARA REELEGER CAMILO, A SUA VIDA POLÍTICA ESTARÁ BEM COMPROMETIDA PORQUE O POVO NÃO SE DEIXARÁ ENGANAR, NEM PELAS FALÁCIAS E NEM PELA OPINIÃO SEM FUNDAMENTO DOS BLOGUEIROS DE PLANTÃO.

    • Essa turma da harmonia não descansa. Faz mutirão para agredir um governo [ Camilo]do qual nada tem a dizer. Quando faz deixa claro seu objetivo: a agressão gratuita . A inveja dessa gente é que , fora roubar o dinheiro´público, mamata que não quer largar, por isso esperava que Clécio permanecesse na compania incomoda da direita, , além disso nada tem de inteligente a propor para reconstruir a nossa capital e do Amapá enquanto Estado. O certo é que quem vai ganhar com essa aliança é Macapá e o Amapá, que é o que importa. O resto é noia, doença e falta do que fazer.

  2. Não dá para assoviar e chupar cana ao mesmo tempo, ou seja, é impossível o Clécio fazer um bom governo com algumas mucuras que o apoiaram. Vai ser interessante esse relacionamento do Clécio com a direita corrupta que o apoiou e também com o próprio PSOL nacional. A parceria com o Camilo é mais do que necessária.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s