ABERTURA DA 1ª FEIRA DO LIVRO DO AMAPÁ NO BACABEIRAS

Abertura da 1ª Feira do Livro do Amapá, que contou com a presença do governador Camilo Capiberibe e a esposa Claudia Capiberibe

Poetas, escritores, adultos, jovens e crianças participaram na manhã deste sábado, 3, no Teatro das Bacabeiras, do lançamento da I Feira de Livros do Amapá (Flap), considerado pelo governador Camilo Capiberibe como um momento histórico para a literatura amapaense.

“A primeira Feira de Livros do Amapá representa mais do que a valorização do poeta e do escritor amapaense. No futuro, a exemplo do que ocorre em outras capitais, vai fomentar o turismo, gerar emprego e renda”, declarou o governador.

Durante o lançamento da Flap, Camilo Capiberibe falou também do Vale Livro, que permitirá que professores e estudantes possam ter acesso a livros de forma gratuita. Serão distribuídos R$ 100 mil da seguinte forma: R$ 100 para professores, R$ 60 para estudantes universitários e R$ 40 para estudantes secundaristas.

Em seu discurso, Camilo ponderou a importância da leitura para o desenvolvimento intelectual, comentou sobre a necessidade de valorizar a produção literária amapaense e disse que o governo vai publicar um Edital que permitirá apoio para que escritores e poetas publiquem seus livros.

“Não tem como fazer política literária sem envolver escolas. Não é fácil entrar no mundo literário, por isso é preciso incentivar a leitura e nós temos a obrigação de levar literatura para as escolas”, disse o governador, que encerrou seu discurso lendo o conto Abilash, da escritora Luli Rojanski.

A presidente do Conselho Estadual de Cultura e integrante do grupo de trabalho responsável pela Flap, Carla Nobre, disse que esse evento vai se inserir no roteiro de feiras, que ocorrem em todo Brasil, e o governador Camilo tem compromisso com a literatura do Amapá.

A patrona da I Feira de Livros do Amapá, Esmeraldina dos Santos, falou da felicidade em ser homenageada. Disse que virou escritora porque voltou para a escola e que a leitura lhe apresentou um mundo novo.

A primeira-dama do Estado, Cláudia Capiberibe, uma das grandes incentivadoras da Flap, relatou que este evento é também um reconhecimento da luta travada por Isnard Lima, Alcy Araújo, Arthur Nery Marinho e tantos outros poetas que com sua arte ajudaram a escrever a história do Amapá.

“A Feira do Livro inaugura um novo tempo. As novas gerações de poetas e escritores têm agora a missão de dar continuidade ao que foi construído e ao mesmo tempo construir sua própria história, e ao Governo do Amapá cabe a tarefa de colaborar para que eventos como este se fortaleçam a cada ano”, ressaltou Cláudia Capiberibe.

Ainda participaram do evento o senador João Alberto Capiberibe, deputada federal Janete Capiberibe, os deputados estaduais Jaci Amanajás e Agnaldo Balieiro, desembargador Mário Gurtyev, secretários de Estado Zé Miguel (Secult), Adalberto Carvalho (Seed), diretora da Escola de Administração Pública, Izabel Cambraia e José Cortez, da Editora Cortez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s