Política & Cidadania

João Silva

CADEIA

0,12% dos indivíduos que cumprem pena no Brasil correspondem ao total de pessoas presas por  crime de corrupção. A grande maioria dos condenados cumpre pena fora da cadeia, segundo entendimento de que o corrupto não oferece risco à sociedade.

É um paradigma do sistema penal brasileiro que passa a mão na cabeça do crime, afinal de contas quando alguém rouba dinheiro da saúde, da segurança, da educação, rouba toda a sociedade, principalmente os pobres, os negros, as minorias, os excluídos. Aí é que ladrão de dinheiro público deveria cumprir pena na cadeia, como qualquer criminoso.

ESPERANÇA

É o que brota do julgamento do mensalão. Mal comparado, lembra Al Capone (“Scarface”) e a decadência da sociedade americana nos anos trinta. A prisão do maior gângster dos Estados Unidos decretada pela Justiça funcionou como um divisor de águas. Foi aí que começou uma escalada sem precedentes contra o crime e a impunidade, restabelecendo-se a ordem pública e a autoestima do povo americano. É o que pode acontecer no Brasil também com o julgamento do mensalão e a prisão dos condenados pelo STF.

CACHAÇA

A indústria de aguardente faturou 18 milhões de dólares o ano passado exportando o produto para os Estados Unidos e a Europa. O fabrico da cachaça brasileira gera 650 mil empregos diretos e indiretos no País e os Estados Unidos acaba de reconhecer a caninha como um produto genuinamente brasileiro. O consumo da cachaça brasileira está em alta no exterior, animando os fabricantes no Brasil.

MANIFESTO

Clécio Luis subiu bem e deve ser eleito Prefeito de Macapá. O fôlego que faltava na reta final chega com a decisão do PSB, adotada depois da divulgação da Pesquisa Ibope, e deve, portanto, fazer a diferença a favor do Candidato do PSOL. A militância amarela promete a pá de cal que vai desalojar Roberto do último reduto da Harmonia no Amapá, o Palácio Laurindo Banha.

ESCÂNDALO

Sobre denúncia do Ministério Público Estadual, no caso dos empréstimos consignados, as justificativas da PMM para o sumiço de 8 milhões de reais descontados dos servidores e não repassado ao Itaú Unibanco, se constituem uma confissão de culpa que por si só garante a condenação do Prefeito de Macapá.

PREOCUPANTE

A população de pedintes, de moradores de rua, de subempregados, de menores em situação de risco (meninos e meninas), e drogados circulando no meio da população ou ocupando pontos do centro de Macapá, é uma realidade preocupante, e que exige a atenção das autoridades do Amapá. No meio disso flanelinhas que trabalham drogados, gente que risca, e arromba automóveis  das pessoas que recusam seus serviços.

LONGEVA

  Estive no Bar do Louro, no coração do Laguinho, domingo passado, para participar da festa dos 107 anos de dona Tereza Roza dos Santos, a Tereza do Curiau (foto). Ela nasceu no dia 15 de outubro de 1905, no Curiau, filha de agricultores; foi auxiliar de parteira, trabalhou na roça e foi lavadeiras de várias famílias ilustres de Macapá. Casada, gerou seis filhos. A festa ficou por conta do Grupo Pilão que se revezou com alguns sambistas do Laguinho e seresteiros ilustres, como o ex-vereador Juvenal Salgado Canto. Eu e o sociólogo Fernando Canto fizemos a saudação à ilustre aniversariante. Foi uma bela festa.

IMPRENSA

O ex-presidente do Peru durante o encontro da Sociedade Interamericana de Imprensa, realizado entre os dias 12 e 16 de outubro, em São Paulo, declarou que hoje o verdadeiro termômetro para medir a democracia na America Latina, é a “liberdade de expressão”.

A propósito o encontro levou boa parte do tempo discutindo a situação na Argentina, onde a presidente Cristina Kircher acusa o El Clarin de utilizar-se da liberdade de expressão para fazer jornalismo de achaque, ao invés de defender os interesses da sociedade.

QUEIXA

Vice de Roberto Goés, a empresária e deputada estadual Telma Gurgel, acusa de “campanha suja” gravação que circula na Internet contendo declaração atribuida a ela, segunda qual “Nem Deus impedirá Roberto Goés de vencer a eleição para a Prefeitura de Macapá”. Telma é evangélica e desmente a veracidade da declaração. Quem já ouviu diz que ela é bastante precária, o que impossibilita qualquer informação segura sobre sua verdadeira procedência. Armação parecida pode ter decidido o pleito em Santana, lembra a deputada do PR.

UMAS & OUTRAS

Um mequetrefe veio me falar que o Roberto encalacrara o Clécio ao lhe perguntar se o PSB o estava apoiando; e aí que perguntei ao mequetrefe qual era o problema, já que os socialistas, com ênfase para os Capiberibe, passaram nas estatais, nas secretarias de governo, na Câmara Municipal, na Câmara Federal (Janete foi três vezes a deputada mais votada do Amapá), passaram na Prefeitura, no Senado e no Governo, e nunca foram presos por desvio de recursos públicos, não devem à Justiça e o jovem Camilo, no meu entendimento, faz um bom governo; na basta lembrar que Roberto, este, sim, tem o apoio de gente que deve ao povo do Amapá, como Waldez,  Marilia, Pedro Paulo, Uilton Tavares, Edinho Duarte e outros que foram presos na Operação Mãos Limpas ou enquadradados pela Operação Pororoca; para ser justo e equilibrado se faz necessário afirmar que os Capiberibe nunca negaram espaço aos seus companheiros de partido (eu poderia até fazer uma lista enorme de beneficiados), que os Capiberibe e seus companheiros têm uma história de combate à corrupção no Estado, que a família e seus aliados não se dobram ao senhor José Sarney, que os Capiberibe e companheiros não fazem negócios com deputados estaduais, não usaram a máquina administrativa para eleger a Cristina,  e assim por diante<> Isso é ser coerente sem querer dizer que os socialistas são anjos, que o governo do Camilo seja perfeito; perfeita foi a manobra do Sarney que evitou que as esquerdas unidas levassem no primeiro turno ou estabelecessem uma dianteira impossível de ser superada no segundo turno por Roberto Goés, seu verdadeiro candidato<>Estamos cansados de injustiça e mentira<>Ex-meio-campista do Juventus, São José, Santana e da seleção amapaense, Haroldo Pinto Pereira, vai ser homenageado aqui no domingo, dia 4 de novembro <> O Haroldo é um arquivo vivo do futebol tucuju<> Falar em futebol, o destino do Roberto prefeito está atrelado ao do Roberto presidente da FAF, e vai depender do pronunciamento das urnas; no caso de uma derrota, certamente deixará a casa do futebol, onde existe uma crise sem dia pra acabar, aquela que envolve a decisão do Amapazão/2012, até hoje sem campeão definido<>Nenhuma capital do Brasil tem mais praça com campo de futebol que a capital amapaense! Nem por isso, temos craques, o que deixa transparecer que falta trabalho de base nos clubes, que só têm olhos para contratar perna de pau lá fora, ou aqui perto mesmo, em Belém do Pará<>Muito engraçado os marqueteiros da Harmonia acusando o Governo Camilo (1 ano e 10 meses) de tudo que eles praticaram em oito anos a frente do Estado; o que surpreende é a lerdeza do Setentrião, que não solta os cachorros em cima dessa cangalha que continua infelicitando o povo amapaense<> Bastava citar as obras inacabadas, o rombo, as prisões,  as condenações, e ações que pesam contra essa gente no Judiciário<> Bem bom dos deputados federais ganha um privilégio a mais, a semana de três dias, que na prática já existia, dizem e foi apenas oficializada<>Correndo tudo bem o jamaicano Usain Bolt estará nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro; garantido por ele mesmo em visita ao Brasil e em entrevista dada às página amarelas da Revista VEJA<> Sobre suspeita de doping, Bolt disse que no esporte existe muita inveja e que não se abala com insinuações maldosas<>Impressionante o feito do austriaco Felix Baumgartner, 43 anos, que saltou da estratosfera – uma queda livre de 31 quilômetros de altitude; a matéria sobre sua façanha com Jorge Pontual na Globo New ficou redondinha, redondinha…É o homem superando limites, avançando, cumprindo o seu destino no universo em que foi colocado por forças superiores a tudo que conhecemos<> por hoje é só, até mais ver, amigo.

Anúncios

2 Respostas para “Política & Cidadania

  1. Dizer que o governo do Amapá não usou a máquina na campanha da Cristina é brincadeira. é brincar com a nossa inteligência, o governo tanto usou como o Roberto Goés também tá usando.a máquina da prefeitura. Vamos passar informação que não seja tendenciosa, vamos defender de fato a população do Amapá que é necessitada de educação, saúde, saneamento básico, moradia, e não, governos que só pensam em si.

    • Pode ter usado, eu respeito sua opinião, mas não há informação de algum escândalo, alguma apreensão de material de propaganda, distribuição de cesta básica, de dinheiro ou coisa parecida, ao que eu saiba.Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s