MORRE EM BELÉM O DECANO DOS ADVOGADOS DO AMAPÁ

Faleceu esta madrugada em Belém do Pará, Cícero Borges Bordalo (foto), paraense que chegou cedo ao Amapá e nunca mais foi embora de Macapá. Tinha oitenta e dois anos de idade, foi casado duas vezes, com Creusa Bordalo e Nilza. Estava doente há algum tempo, ultimamente internado na UTI do Hospital Adventista de Belém sem conseguir recuperar a saúde, até que veio à óbito nesta madrugada. Cícero Borges Bordalo, cujos filhos e alguns netos também enveredaram pelas ciências jurídicas, para citar apenas Cícero Bordalo Junior e Charles Bordalo, era um dos advogados mais antigos em atividade no Amapá e participou ativamente do movimento que  instalou a secção da Ordem dos Advogados do Brasil em Macapá, ainda na época do Território Federal do Amapá. Seu escritório de advogacia, um dos mais requisitados do Estado, funcionou por muitos anos no alto do antigo Elite Bar, no centro da cidade. O corpo de Cícero Bordalo chegou  à no começo da noite e está sendo velado na sede da OAB/AP, antigo forum da cidade, onde recebe as justas homenagens dos seus colegas de profissão e de toda a sociedade amapaense. O sepultamento será nesta egunda-feira (15/10) no Cemitério de Nossa senhora a Conceição (Centro) às quatro e meia da tarde. Seu discipulo e admirador, também um dos mais ilustres causídicos em atividade no Amapá, Wagner Gomes, disse que Cicero inspirou várias gerações de amapaenses e que o seu exemplo serve para engrandecer a figura do advogado na sociedade amapaense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s