HOJE É O DIA DA SANTÍSSIMA

No Pará e no Amapá, que já foi Pará, hoje é um dia muito especial, dia do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Cabe um pouquinho da história dessa manifestação religiosa e de fé do povo paraense e do povo amapaense que se espalhou pela Amazônia. Nesta manhã (14/10), a imagem da santísima será trazida da Igreja de Nossa Senhora de Fátima em procissão até a antiga Catedral de São José de Macapá, na Praça Veiga Cabral, após elebração de missa campal

Igreja de São José, um dos simbolos da fé e religiosidade do povo de Macapá em 78 anos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Macapá

rezada por Dom Pedro Conti, Bispo Prelado de Macapá. Leia agora um pouco da história sobre a realização do primeiro Círio em Macapá.

PRIMEIRO CIRIO EM MACAPÁ

A Festa de Nossa Senhora de Nazaré foi realizada no ano de 1934, quando Macapá ainda pertencia ao Estado do Pará, e foi idealizada pelo entusiasmo do Senhor Major Eliezer Levy, Prefeito Municipal da cidade que juntamente com outras pessoas macapaenses como: José Santana, Martinho Borges da Fonseca, Cesário dos Reis Cavalcante, Manoel Eudóxio Pereira, Sophia Mendes Coutinho, Ernestina Santana, Rita Cavalcante e Tereza Serra e Silva, organizaram, e levaram em frente a feliz idéia e assim, deu-se a realização do primeiro “Círio” de Nazaré em 06 de novembro de 1934, e que, apesar das dificuldades da época, o mesmo revestiu-se de grande beleza. A transladação noturna da imagem de Nazaré, cedida pela família Serra e Silva, saiu da frente da casa em que residiam, no Formigueiro, na véspera do Círio, para a residência do Senhor Cesário dos Reis Cavalcante, localizada na chamada “Rua da Praia”, hoje, Avenida Azarias Neto, e dessa novamente, para a Matriz de São José. O cortejo do Círio foi pequeno, porém, bem organizado; na frente um esquadrão de vinte (20) cavaleiros, logo em seguida anjos conduzindo as bandeiras do Brasil e da Igreja, continuando o carro dos anjos e o “Escaler” da Marujada, rememorando um dos milagres da Virgem.Finalmente a Berlinda levando a Imagem da Virgem de Nazaré.

Era Vigário o Reverendo Padre FELLIPE BLANCK, que contribuiu plenamente para a realização do lº Círio de Nazaré, em Macapá.

Para os festejos de Nazaré foram contratadas bandas de músicas das cidades de Vigia, Curuçá e Afuá. Após a criação do Território a banda de música passou a ser da Guarda Territorial.

Foram então realizados, até 1983, 49 Círios. O Círio de 1984 foi o quinquagésimo, o Círio do “JUBILEU DE OURO”. Este ano o povo macapaense celebra 78 anos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Macapá,com a participação de um público  superior ao do ano passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s