MINISTÉRIO PÚBLICO LEVA PROJETO “ETICA,CIDADANIA E ELEIÇÕES” AO SUL DO ESTADO

MP-AP realiza palestra a alunos de Laranjal do Jari

Estudantes do Laranjal do Jary durante aula sobre ética e cidadania nas eleições municipais/2012

O Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Laranjal do Jari,  realizou palestra com o tema “Eleições Limpas” aos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Amapá (IFAP – Campus Laranjal do Jari). O evento faz parte do projeto institucional  “Ética, Cidadania e Eleições”, coordenado na Comarca de Laranjal do Jari, pelas promotoras de Justiça Fábia Nilci Santana de Souza, Coordenadora da Promotoria de Laranjal do Jari, e Fábia Regina Rocha Martins, Promotora Eleitoral.

O projeto tem o objetivo de desenvolver nos eleitores amapaenses a consciência crítica de sua responsabilidade ética e cidadã nas eleições, além de proporcionar aos jovens eleitores oportunidades para questionar, criticar e dar opiniões.

“Durante a palestra, os alunos do IFAP levantaram vários questionamentos, tais como voto nulo, coeficiente eleitoral, fundo de campanha, transparência no processo eleitoral, prestação de contas de campanha e obrigatoriedade do voto. Ações como essa vêm sendo implementadas pela Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari para atender à peculiaridade populacional do Vale do Jari, bastante eclética”, afirmou Fábia Nilci.

Na ocasião, estiveram presentes também o juiz eleitoral Heraldo Nascimento Costa, o servidor e analista Sávio Ramom Batista Silva, ambos representando o Tribunal Regional Eleitoral, além dos servidores da Promotoria de Laranjal do Jari: Laurinaldo Lopes, Márcia Silva Mendonça, Iran Damasceno, Valmir da Luz Rocha e Vera Lúcia.

Ciclo de Palestras

As promotoras de Justiça iniciaram um ciclo de palestras, oportunidade em que foram visitadas as comunidades ribeirinhas de Santo Antônio, Padaria e Água Branca do Cajari, bem como os moradores do bairro Samaúma. “Nesse dia, o foco dos diálogos foi conscientizarmos moradores para o efetivo exercício da cidadania por meio do voto consciente”, esclareceu a promotora de Justiça Fábia Nilci.

A palestra “Eleições Limpas” já foi realizada em inúmeras instituições da rede pública de ensino, dentre elas: Escola Estadual Irandir Pontes, Escola Nazaré Rodrigues da Silva e o Instituto Federal do Amapá.

Em todas as instituições de ensino por onde o projeto passou, foram distribuídas cartilhas educativas sobre a Lei nº 9.840/99 referente ao combate à compra de votos e ao uso da máquina administrativa durante o período eleitoral.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s