VLT DE SÃO LUIS ENTRA EM FASE DE TESTE

Os testes com o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no primeiro trecho de 800 metros já finalizado, que vai do Terminal de Integração da Praia Grande ao Mercado Peixe, durarão mais uma semana. Técnicos da fábrica (Empresa Bom Sinal) estão em São Luís realizando os testes com o veículo e dando treinamento de operação e manutenção.

“São testes de funcionamento da parte operacional, portas, motor, painéis, sistema de ar-condicionado”, explicou o secretário-adjunto municipal de Trânsito e Transportes, José Arthur Cabral Marques.

De acordo com ele, é procedimento técnico que ocorram os testes estáticos (via permanente) e dinâmicos (veículo), com passageiros e sem passageiros. “O VLT precisa circular na via, também com passageiros, a fim de que se façam os alinhamentos necessários e a soldagem dos trilhos”, assinalou José Arthur.

Os testes estáticos e dinâmicos com o VLT ocorrem no primeiro trecho de 800 metros da obra

Os testes com o Veículo Leve sobre Trilhos servem para avaliar a instalação de equipamentos eletrônicos e aferir a eficácia de todos os procedimentos operacionais.

Na operação, é checado o funcionamento do sistema e analisadas todas as leituras obtidas durante o trajeto, através de aferições de estabilidade do equipamento, testes de aceleração e frenagem, os tempos de viagem, velocidade entre outras.

“Os testes de ajustes são necessários e continuarão sendo realizados à proporção que os trechos forem concluídos”, esclareceu Cabral.

A população tem acesso livre para conhecer o VLT e participar dos testes em movimento. Um trabalho educativo é realizado sobre o projeto de execução do Veículo Leve sobre Trilhos em São Luís.

O VLT tem duas cabines opostas, o que suprime a necessidade de manobra para poder mudar o sentido do trajeto pelo fato de ter movimentação bidirecional. Além disso, o veículo possui rapidez de resposta na hora da frenagem, bem como velocidade de resposta de aceleração e estabilidade de velocidade. Os dois carros que formam o VLT, tem capacidade para 358 pessoas. Cada carro tem 18 metros de extensão, que formam o veículo de 36 metros, com seis portas, que abrem simultaneamente.

A utilização de VLT tem se tornado uma tendência mundial de revitalização urbanística e de transporte, sendo este um sistema mais leve, menos poluidor e mais eficiente do que o transporte rodoviário. Outras capitais como Fortaleza, Macéio, Recife e países como Espanha, Holanda e França já adotaram o VLT como mecanismo de solução na oferta de deslocamento de pessoas. É apontado por especialistas como uma das melhores alternativas para se resolver o problema do trânsito nas grandes cidades.

Traçado

A obra de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que está sendo executada pela Prefeitura de São Luís, segue normalmente, dentro do cronograma, e de forma intensificada. O secretário-adjunto da SMTT, Arthur Cabral, informou ainda que foi feito um ajuste do traçado no trecho que abrange um posto de combustível, no Anel Viário, na altura do bairro do Desterro. A montagem dos trilhos (grade ferroviária), naquela área, está sendo realizada entre o posto e o Mercado do Peixe.

“Verificamos que não será necessário retirar o posto de combustível. Para tanto, as bombas e os tanques do posto serão removidas para um local mais a frente. Sendo assim, o traçado vai passar entre um espaço do posto e o Mercado do Peixe”, explicou José Arthur.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s