PRIMEIRO ASTRONAUTA BRASILEIRO HOMENAGEADO NA ALAP

O primeiro astronauta brasileiro, o paulista Marcos Pontes,recebeu na noite  sábado (15/09) em Macapá, a Medalha do Mérito Comandante Annibal Barcellos, considerada a maior honraria do Poder Legislativo local. O reconhecimento surgiu de uma propositura de autoria do presidente da ALAP, deputado Júnior Favacho(PMDB), aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais. Marcos Pontes esteve em Macapá para proferir palestra no 3º Encontro de Administradores do Amapá, realizado no auditório do Ceap (Centro de Ensino Superior do Amapá).O ilustre visitante desembarcou em Macapá no final da noite de sexta-feira e já na manhã de sábado cumpriu agenda de compromissos na cidade,como entrevista a uma emissora de rádio, visita a pontos turísticos e um almoço oferecido pelo Conselho Regional de Administração (CRA). Durante aconfraternização, o presidente da ALAP comunicou a Marcos Pontes sobre a comenda que o Poder Legislativo do Amapá estaria ofertando-lhe. “Receba o reconhecimento do povo do Amapá por sua relevante contribuição à ciência”,  disse Junior Favacho.Marcos Pontes agradeceu a homeagem prestada pelo povo amapaense através dos seus representantes e iformou que retornará ao estado na próxima semana para participar da programação alusiva ao Equinócio da Primavera, um fenômeno natural único no país que é melhor observado em Macapá. Na ocasião haverá uma palestra do astronauta e visita monitorada ao Complexo Turístico do Monumento do Marco Zero do Equador, que terá ainda um Planetário instalado em suas dependências.

Marcos Pontes é natural da cidade de Bauru (SP) e ingressou na Aeronáutica do Brasil após ser aprovado em um dos mais concorridos concursos públicos do país, o da Academia da Força Aérea (AFA). Tornou-se piloto de caça e depois instrutor, tendo assumido inúmeras funções de destaque. Paralelamente à carreira militar, prestou concurso para o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), formando-se engenheiro. Após ir para a reserva da Aeronáutica, fez mestrado e doutorado, até ser admitido no processo seletivo para o Programa Especial Brasileiro, tendo feito preparação nos Estados Unidos,no Japão e na Rússia. Em 2008 foi lançado oficialmente ao espaço, um feito inédito para o Brasil até então.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s