BATE-PRONTO

João Silva

Estou estreando a coluna hoje. Acho importante um espaço desses para comentar, firmar  posição sobre o que acontece no Estado. Bate Pronto tem a ver com a resposta imediata ao que acontece e pode influenciar a vida do cidadão na cidade em que ele vive, seja, enfim, de interesse da sociedade.

OPORTUNIDADE

Li a entrevista que o repórter televisivo Evandro Luis deu a Dôglas Lima do jornal Diário do Amapá, e resolvi fazer um reparo com objetivo de colocar uma coisa no seu devido lugar. Eu, o J. Ney e o Luis Melo não o convidamos para fazer jornalismo na emissora. Ele pediu uma oportunidade e nós demos de bom grado.

VOTO SECRETO

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP), um dos acusadores mais incisivos de Demóstenes Torres na CPMI que culminou com a cassação do parlamentar goiano, disse à Folha de São Paulo esperar ter sido a última vez que o Senado decide o destino de um companheiro por votação secreta dos seus pares. É o que todos nós esperamos. Outra coisa que muitos amapaenses desejam, é que o senador rompa com os políticos corruptos do Amapá e ajude a combater a corrupção no Estado, que não é pouca.

CANDIDATOS

Acho um absurdo que políticos tenham coragem de postular a prefeitura, uma cadeira na vereança, na Assembléia,  na Câmara dos Deputados ou no Senado de mãos vazias; uns até com alguma trajetória na política, mas que continuam sem projeto, sem discurso, sem bandeiras que possam  entusiasmar o eleitor. Assim não dá.

EM RISCO

Dentro e fora da Assembléia consolida-se entendimento de que não será possível salvar os mandatos de Moisés Souza (PSC) e Edinho Duarte (PP). Por decisão do presidente em exercício, Junior Favacho (PMDB), a exoneração de 400 funcionários que ocupavam cargo em comissão na ALAP é um sinal claro de que os tempos são outros na esquina da FAB com a Leopoldo Machado.

RELIGIOSOS E PIGMEU

Circula nas redes sociais noticia a ser confirmada, segunda a qual 200 religiosos faziam parte da folha de pagamento da Assembléia Legislativa ou recebiam por fora, imagina-se que a título de limpeza da imagem da casa e dos seus dirigentes, misturando política com religião; estaria na folha também um tal de “Pigmeu”, figura misteriosa que supostamente reside em Brasília e não precisava trabalhar pra faturar polpudo salário de assessor da ALAP.

ORÇAMENTO/2013

O que não mudou é a postura dos deputados estaduais em relação ao orçamento do estado e o quinhão que lhes cabe. Continua a intransigência que vem do período anterior aos conflitos que abalaram aquela casa de leis sob investigação da PF e do STJ. Nossas autoridades precisam construir um  entendimento maduro em torno do orçamento, algo que garanta os investimentos que o Amapá precisa.

 IRRESPONSABILIDADE

Sexta Turma do STJ acolhe recurso impetrado por professores de sociologia do Amapá e reconhece seu direito à contratação pelo GEA. Eles foram aprovados em concurso público em 2005, mas o Governo Waldez os preteriu, optando pela contratação de outros profissionais através de contrato administrativo.

DERROTA NO TJAP

É bom lembrar que a Justiça do Amapá negou provimento ao MS impetrado pelos professores de sociologia que acabam de obter ganho de causa no STJ e até já foram chamados pelo governador Camilo. Na defesa dos professores, o advogado Luciano Del Castilo informa que a decisão da segunda Corte mais alta do País, virou jurisprudência nacional e vai valer para outros casos iguais em todo o Brasil.É mais uma irresponsabilidade do governo anterior reparada na justiça, felizmente.

CARNIFICINA

É o que acontece em Macapá, sem qualquer exagero. Banal, banalíssimo o elevado número de acidentes diários envolvendo veículos e condutores de motocicletas na cidade de Macapá, chegando a sessenta por semana.

BICICLETA

Na sangria desatada do trânsito vem crescendo os acidentes envolvendo  ciclistas, que andam na contra mão e avançam o sinal vermelho por que o Código Nacional de Trânsito não existe pra eles. Estes precisam ser responsabilizados, depois de uma boa campanha de esclarecimento pelo rádio e pela televisão.O ciclista não pode continuar pensando que pode tudo no trânsito.

ZERÃO

A obra está indo de vento em popa. Trabalhadores já estão mexendo com as estruturas que receberão a nova cobertura nos próximos dias. O estacionamento, o muro, a pista de atletismo, o gramado, o sistema de iluminação, tudo ok. Camilo pode até adiar a reabertura do estádio, mas até agora a reinauguração do Zerão continua mantida para dezembro deste ano.

DESCENDO A LADEIRA

Claro que o Sampaio Correa era o favorito e venceu com méritos. O futebol amapaense estreou mal na série “D “ e segue ladeira abaixo. Precisa de uma política de revalorização das categorias inferiores. Dirigentes de fachada e    barcadas de pernas de pau compradas com dinheiro público não resolvem, está provado.

MAIS FUTEBOL

Conversei muito com Jorginho Macapá (lembra dele?) sobre o que se passa no futebol amapaense, sobre a necessidade de mudanças. Ele concorda, acha que precisamos dar uma guinada, fazer o caminho de volta ao futebol dos bons tempos. Campeão Amapaense, Campeão por Remo, Tuna e Paissandu, Jorginho acha que a solução começa pela prata da casa, no que ele está pensando bem, muito bem.

UMAS & OUTRAS

Haroldo Pinto, grande empresário e craque do passado, é daqueles amigos que a gente gosta de rever, sem contra indicação, seja para um papo seco, seja para um papo molhado <>Em vigor a velha cartilha dos políticos, não é de se estranhar que na Câmara Municipal de Santana o quadro de servidores efetivos  seja tão pequeno – apenas 13 servidores, contra quase mil de comissionados, você sabe por que não é? <> Radialista João Lázaro e o seu Porta-Retrato precisam que você tire aquela fotografia importante do fundo do baú<> Baixote, o Lúcio, que jogou no Macapá, Amapá, Manganês e Santana está na cidade trocando abraço apertado e lembranças com os amigos da sua juventude; ele vive em Brasília com a mulher, os filhos e netos, gente fina<>Laércio Aires foi tentado a concorrer à vereança, mas preferiu aguardar um pouquinho mais para disputar uma vaga na ALAP em 2014; ele é o atual presidente do CREA/AP, eleito com expressiva votação<>Decisão arbitrária retirou das paredes da Secretaria de Segurança Pública, no Governo passado, quadros com fotografia de todos os ex-titulares daquela pasta, incluindo meu amigo Antônio Cardoso, que exerceu o cargo no primeiro governo Barcellos<> Senador João Capiberibe (PSB/AP), em entrevista a jornalista Tânia Hormann, da TV Senado, lembra ao Brasil a impunidade que estimula a roubalheira de dinheiro público e assassinatos no campo atingindo agricultores, religiosos, negros, índios e defensores do meio-ambiente; os crimes são perpetrados, segundo ele, por interesses econômicos, e pela ausência do estado brasileiro nas regiões mais ermas do País<>Dia desses conversei com Rostan Martins, que elogiou o blog e me disse que volta logo pra São Paulo, onde concluirá no final do ano seu doutorado em comunicação; ele admitiu que pode fazer uma incursão na política por decisão da família ainda abalada com a morte do deputado Dalto Martins<> Meton desligou temporariamente da Ouvidoria do GEAP para gosar férias tomando uma gelosa e banho de igarapé por aí, sempre bem acompanhado, que ele não é besta<> Vá provar o pirarucu da Lucimar no Mercado Central…É uma delicia e ela uma graça de simpatia<>Por hoje é só.

 

 

 

Anúncios

2 Respostas para “BATE-PRONTO

  1. Caro amigo João,
    Primeiro que tudo e antes de mais nada, parabéns pela nova coluna. Nosso Estado está deveras necessitado de jornalistas sérios, compromissados com a notícia verdadeira e cristalina que, como você, fazem a crônica da cidade sem que pra isso tenham que vender a caneta para satanás na tentativa ignominiosa de auferir recursos financeiros escusos, oriundos do bolso raso do operário ou do bolso fundo do salafrário para mascarar, distorcer e inventar factoides objetivando denegrir com mentiras e invencionices a vida daqueles que vivem com dignidade, que dão e deram a existência em prol de melhores condições de vida para o povo tucuju – os nasidos aqui ou os que elegeram estas terras na procura de dias melhores para si e para seus familiares.
    Faze-se necessário, entretanto, um mega reparo na nota que dá conta de meu atual período de férias: não o requerí para ficar apenas cossando o saco, tomando banho de igarapé e/ou vadiando alhures. É chegado o momento de nos dedicarmos inteira e decididamente ao projeto que visa livrar nossa cidade de Macapá e os demais municípios que compõem a estutura organizacional do Estado do Amapá, da sanha gananciosa e mesquinha de imbecis, incompetetes e desonestos que gravitam no entorno da política amapaense. Faço jús não somente a este período de férias, haja vista que estou há quase 50 anos no Quadro de Pessoal Civil da União Federal à disposição do Amapá. Deixei de gozar inúmelos deles para melhor servir àqueles que me pagam o salário, todavia este, é inteiramete dedicado à campanha eleitoral que visa eleger minha amiga, a Deputada Cristina Almeida, ao cargo de Prefeita de Macapá. Se preciso for, renunciarei a misão que me foi delegada para melhor me engajar ao embate.
    Seu amigo e admirador,
    Meton Jucá Junior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s