OPINIÃO

Do Editor

A Oposição e o Estado de Direito

No estado de direito cabe a oposição estimular a inversão de valores, pregar o caos  e praticar a usurpação de função pública?

Com todas as instituições democráticas instaladas e funcionando,  a oposição tem o direito de utilizar canais de rádio e televisão[concessões públicas], para desinformar a sociedade?

Como nunca tinha visto em  46 anos de atuação no jornalismo,  estabeleceu-se no Amapá, com patrocínio de José Sarney, a oposição mais predatória  dos últimos anos, muito longe das oposições que oferecem qualidade ao debate e sustentação ao regime democrático.

Numa sociedade lvre, moderna, pluralista as vozes dissonantes da oposição são o sol que clareia as verdades escondidas apontando caminhos para o desenvolvimento do País com projetos e ideias capazes de gerar qualidade de vida e bem estar à população.

O que se observa por aqui, entretanto, é o que eu chamo de consórcio do ranger de dentes e do mau humor, face a negócios milionários que se foram pelo ralo com a vitória de Camilo Capiberibe (PSB) e Dora Nascimento (PT)).

Certo é que a oposição ainda não digiriu  o resultado da eleição de 2010. Acha que pode destruir o governo a custa do fechamento das escolas e do sofrimento dos cidadãos que precisam do atendimento médico prestado pelo sistema de saúde do estado, além de outros golpes igualmente deploráveis, como sabotar equipamentos dos hospitais da rede pública.

Esse conglomerado ressentido inventou o “chá de camapú”, o “patê de chicória” para achincalhar o desenvolvimento sustentável, e agora cria outra obra-prima: o governo paralelo que quer  executar obras e ter palácio.

É a mesma turma que fez um escândalo quando Camilo decidiu publicar na Internet os salários de todos os servidores públicos do governo do Amapá, se antecipando a presidente Dilma , ao Supremo Tribunal Federal e ao Senado da República!

Exibe a gordura e a força destruidora acumuladas nos últimos anos para intimidar os que querem tirar o estado da UTI onde eles o deixaram. É uma oposição que transcende aos partidos políticos, já que espalhou-se pelo aparelho do estado, por lugares onde as coisas acontecem pro bem ou pro mal.

Ou você não ouviu  aquele “porta-voz” bem pago  chamando pelo rádio o empresariado para bancar professores que precisavam  de ajuda para manter nossos filhos fora de sala de aula, para calcar o punhal da greve com mais força no coração do povo?

Veja a boa vida que a mídia dos amigos do Sarney dar ao prefeito Roberto Goés! Os demais membros do consórcio pertencem à outros poderes que se juntam à elite do empresariado, gente que não pagava imposto, água e luz  nos dois mandatos do governo Waldez Goés – incluindo os donos das emissoras de rádio, jornais e TV. Estes se especializaram em boataria, em crimes de imprensa que não são punidos porque poucos ousam enfrentá-los nas barras da justiça.

E vai trombando com quem diverge do seu modos operandi: a juiza Sueli Pini luta para chegar ao desembargo;  João Capiberibe depois de reassumir o Senado já foi acusado de comprar casa de vidro, o governador Camilo, 35 contas bancárias ( segundo delírio deles), quase foi agredido por grevistas no Laranjal do Jary.

Agora o alvo preferencial dessas ienas da vida pública é a procuradora do MPE, Ivana Cei, enfrentando uma onda de intimidação! O promotor Adauto Barbosa está sendo processado por 21 deputados estaduais que desejam incriminá-lo por ter criticado a verba indenizatória de 100 mil reais.

Não visão da turma da ALAP, autores da ação, crime não é a concessão da verba de 100 mil reais em um estado  cuja migração fora de controle, o desemprego, a violência , a falta de investimento pressionam para baixo os índices econômicos e sociais; criminoso é quem acha que a verba é um crime que se comete contra uma população carente de muitas coisas.

Sabemos que a verba foi reduzida, mas não razoavelmente como deveria ser; portanto continua ofender a cidadania, à sociedade, às pessoas que não se curvam ao rompante dos políticos acostumados ao mole do dinheiro público.

E termino imaginando  ex-secretário de saúde que ajudou a torrar 20 milhões de reais do povo amapaense em licitações fraudulentas, preso na Operação Antídoto, dando-se ao trabalho de gravar cenas do povo sofrendo na carne as conseqüências de uma greve deflagrada por motivo fútil…Greve  que felizmente já acabou!

Anúncios

2 Respostas para “OPINIÃO

  1. Se bem me parece, o direito nos dá essa força para discordar. Não somos obrigados a aceitar tudo o que é feito ao povo do Amapá e ficar calados. Pelo que vi nos noticiários, há muita coisa suja sendo lavada em público. É muito cômodo falar dos governos passados e achar que o atual é leite condensado. A verba indenizatória, um roubo nos cofres públicos, vem de muito tempo e o atual governador fazia parte da companhia que usufruía da mamata e nem por isso é acusado. Se muita coisa tem acontecido na atual situação é direito de quem de direito. O governador não pode querer mandar no que não é dele. Os professores estão reclamando um direito que lhes foi dado e o que o governador quer mostrar? Que a verdade é dele e só dele. Me desculpe, mas é bom que você use da imparcialidade para não prejudicar o longo tempo de jornalismo que você pratica. Não puxe a brasa para a sardinha de quem quer que seja, pois você não vai mudar a opinião de ninguém.

    • Muito bom lhe ver por aqui.Nunca disse que o governo do Camilo é perfeito, até porque ainda nem passou da metade, mas acho que pode ser bem menos melancólico que o que nos deixou, ou não? O que reclamo dos professores é o envolvimento com politicos interessados no quanto pior melhor e a falta de uma leitura apurada das dificuldades em função da herança recebida pela atual administração; acho que a categoria exige aquilo que o governo e a sociedade não podem atender no momento.Fique tranquilo, eu defendo a sociedade, eu não sou filiado a partido político nem peço nada a político, desafio alguém provar o contrário.E acho – não sei se estou enganado, mas a verba de indenizatória a que nos referimos [R$ 100 mil] não é do tempo de Camilo deputado estadual, mas se for, e ele recebeu, tem lá sua culpa no cartório também.Abraço, disponha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s