BLOG EM NOVO ENDEREÇO – joaosilvaap.com.br

Ainda dependendo de alguns ajustes, o que será feita por todo o dia de amanhã (15/05), a  nova versão do blog já está no ar e o amigo internauta pode se dirigir a joaosilvaap.com.br, nosso novo endereço na grande rêde, já municiado por três matérias, uma sobre o retorno dos astronautas da ISS à terra, outra sobre o Jubileu de Prata do Ypiranga, que ocorre amanhã, e uma terceira informando sobre decisão da Justiça que decretou a ilegalidade da greve dos professores do Amapá. Acompanhe no joaosilvaap.com.br e deixe seu comentário sobre as alterações que foram feitas no blog que completa dois anos dia 18 de setembro.

CAMILO E COMITIVA OFERECEM POTENCIALIDADES DO AMAPÁ NOS ESTADOS UNIDOS

Em março deste ano o governador Camilo Capiberibe recebeu o Prêmio Herói da Conservação Global, concedido pela ONG Conservação Internacional. Veja mais imagens aqui.Nos próximos dias uma comitiva do Amapá, liderada pelo governador Camilo Capiberibe, visitará empresários e instituições públicas norte-americanas interessadas em investir em negócios sustentáveis no setor produtivo e na conservação da Amazônia. O convite surgiu em março deste ano, quando o chefe do Poder Executivo recebeu, em São Paulo, o Prêmio Herói da Conservação Global, concedido pela ONG Conservação Internacional (CI).

O primeiro compromisso do governador será no dia 14, na cidade Washington, onde ele terá uma reunião com o chefe da CI e, em seguida, um encontro com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Depois disso, haverá reunião com os diretores do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e, no final da tarde, uma coletiva para a imprensa organizada pela Embaixada do Brasil.

Já no dia 15, a agenda será com o administrador-adjunto para a América Latina e Caribe, Mark Lopes, da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid). Objetivo é discutir um modelo de parcerias estratégicas entre o Amapá e a Guiana Francesa. Na ocasião, Camilo Capiberibe fará uma apresentação sobre o programa Iniciativa Amapá, com o Fundo Vale e a CI, buscando novas parcerias. Destaque para o projeto apoiado pela Usaid/Brasil no ano passado no Amapá com a empresa Walmart.

Ainda pela manhã, o governador e sua comitiva terão uma reunião com o diretor-executivo do Banco Mundial (WB), Rogerio Studart, onde também apresentarão o Amapá como vitrine para o desenvolvimento verde, bem como sua infraestrutura e empresas.

Um dos encontros mais esperados ocorrerá no dia 16, quando a comitiva do Amapá e executivos da Conservação Internacional se reunirão com a Câmara de Comércio dos EUA (Brasil/USA). O objetivo é mostrar o desenvolvimento verde do Amapá e promover parcerias com o BID.

À tarde, a comitiva do Amapá se reúne com a diretora do Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS), Mary Wagner, com o objetivo de buscar a colaboração técnica. O Amapá tem sua própria Agência, o Instituto Estadual de Florestas (IEF), e está interessado em estabelecer uma colaboração técnica com o USFS a fim de capacitar suas equipes para gerenciar os 2,4 milhões de hectares da Floresta Estadual.

“Tenho confiança de que traremos excelentes resultados dessa viagem. Isso tudo é o reflexo do resgate da credibilidade do Amapá no cenário nacional e internacional, que tem possibilitado sentarmos à mesa e negociarmos de igual para igual, seja aqui, em Brasília, na França ou, agora, nos Estados Unidos”, comentou Camilo Capiberibe.

A comitiva

Acompanham o governador, a diretora do Instituto Estadual de Florestas, Ana Euler, o diretor do Imap, Maurício Souza, o titular da Seplan, Juliano Del Castilo Silva, José Reinaldo, da Seicom, Grayton Toledo, da Sema, e Ivana Antuns, diretora da Adap.

PEIXES DO MEU AQUÁRIO

Dia de festa na opeixõesamigosca dos tucuju, dia do aniversário da cidade. E aí  é que uma turma de gente boa ligada ao editor deste blog se reuniu no Pastelito para reencontrar amigos e comemorar o 4 de fevereiro e os duzentos e querenta e nove anos da cidade de Macapá, que ocorreu em 2007. No flagrante de seis anos atrás em um papo molhado que entrou pela noite, amapaenses da melhor qualidade abriram um baú daqueles! Rolou de tudo…Os engenheiros Lindoval Peres, Léo Platon, que também é empresário do setor, e Sérgio La-Rocque lembraram dos bons tempos da Divisão de Obras, dos pioneiros como Joaquim de Vilhena Neto, Amaury Farias, pessoas que muito contribuiram para a abertura da BR-156, para a consolidação da construção civil no Amapá, chegando a participar do trabalho de assentamento das redes de água e esgoto e do asfaltamento das primeiras vias de Macapá; já o Arimatéia e Sebastião Mont’Alverne preferiram lembrar os namoros, os encontros no Trapiche Eliezer Levy, os conjuntos musicais que dominaram os bailes mais concorridos no tempo da Piscina Territorial, da Assembleia Amapaense e das festas de carnaval no Macapá Hotel dos anos 50 e 60.  No registro, da esquerda para a direita, Léo Platon, Sérgio La-Rocque, Lindoval Peres, o músico Sebastião Mont’Alverne  e o advogado José Arimatéia Vernet Cavalcante, que morreu em 2010. Todos amigos, todos peixes do meu aquário.

GEA INICIA A CONSTRUÇÃO DO NOVO HOPISTAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, assinou nesta sexta-feira, 10, a ordem de serviço para o início das obras de reforma e ampliação do Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (HCA). O investimento em obras físicas será de, aproximadamente, R$ 16 milhões e vai duplicar o atendimento de saúde naquele hospital.

Governadro Camilo anuncia a obra ao lado dos secretáriso Hamiltyon Coutinhpo, Infraestrutura e Juliano Del castilo Silva, do Planejamento

Governador Camilo anuncia a obra na presença dos secretários Olinda Araujo, da saúde, Amilton Coutinho, da Infraestrutura, e Juliano Del castilo Silva, do Planejamento

A primeira etapa, já iniciada nesta sexta-feira, será entregue em fevereiro de 2014 e, até o final do ano que vem, a obra estará pronta. A previsão é do secretário de Infraestrutura, Amilton Coutinho, que coordena as obras no Estado.

Conforme o governador, autorizar a construção de um serviço desse porte é sinônimo de avanços para o Estado. “A obra representa até agora o maior

investimento em infraestrutura da saúde estadual”. O governador determinou prioridade para as obras da saúde contempladas pelo PROAMAPÁ Saúde. “Não foi fácil estarmos hoje aqui para celebrar esse momento tão importante para todos nós”, pontuou.Para o governador Camilo Capiberibe, a obra do Hospital da Criança representa até agora o maior investimento em infraestrutura da saúde estadual.

Camilo Capiberibe ressaltou que, desde 2001, não se investia efetivamente em saúde no Estado. Nesses dois primeiros anos, o Governo do Amapá concentrou esforços para “destravar” licitações e trabalhar na elaboração e execução de projetos. “Daqui para a frente não haverá mais obstáculos ou empecilhos para

conter o avanço das obras da saúde”, assegurou.

O governador não escondia de ninguém a felicidade em iniciar a obra do HCA. Camilo aproveitou para anunciar que, ainda neste semestre, o Governo do Estado assina ordem de serviço para as obras de reforma e ampliação do Hospital Estadual de Clínicas Alberto Lima (HCAL), além de outras obras importantes da saúde em processo licitatório ou já licitadas, entre elas: construção da Central de Regulação Samu/SUS, Casa de Parto Normal, bases do Samu no interior, conclusão das obras dos hospitais de Oiapoque e de Santana, previstas para serem entregues este ano. Ele também destacou a conclusão do projeto executivo para a obra de construção do novo Hospital Estadual de Emergência (HE), com investimento de R$ 34 milhões.

A secretária de Estado da Saúde, Olinda Araújo, que ficou no cargo de diretora do HCA por mais de dois anos, sabe muito bem dos benefícios que o novo hospital trará para os pequenos pacientes daquela unidade. Ela relatou que, em período sazonal, o Pronto Atendimento Infantil (PAI) contabiliza até dez mil atendimentos, 85% dos atendimentos dizem respeito à Atenção Primária, de responsabilidade municipal.

Olinda diz que o Estado está buscando diálogo com os municípios de Macapá e de Santana com o objetivo de fortalecer o atendimento nas principais Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dessas cidades. Em Macapá, o Estado deverá investir nas UBSs do Marabaixo, Lélio Silva e Perpétuo Socorro. “O município de Macapá ficou de nos entregar, o mais breve possível, o levantamento dos custos para o Estado auxiliar a saúde municipal de imediato”.

O diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Irapuã Braga, presente na solenidade, disse que está constantemente em visita ao Estado para acompanhar a aplicação dos recursos oriundos de empréstimos disponibilizados ao Governo do Amapá pela instituição financeira. “O Estado vem conduzindo muito bem a aplicação desses recursos e já estamos com um cronograma para mais investimentos em obras, inclusive na área da saúde”.

Entenda a obra

Construído na década de 1970, o HCA tem uma área de pouco mais de 3.000 m², incluindo um bloco principal hospitalar e dois anexos: um para a administração e almoxarifado; e o outro com o Pronto Atendimento Infantil (PAI). O projeto de reforma e ampliação dobrará sua área construída para mais de 7.000 m².

O novo projeto (maquete abaixo) estabelece a constmaquetehospitalcrianca4rução de dois novos blocos com três pavimentos cada. O primeiro abrigará um moderno centro cirúrgico contendo três salas de cirurgias e UTI com 17 leitos, além de áreas de conforto médico com plantões, coordenação médica e de enfermagem, salas das comissões e auditório para 110 lugares.

No segundo bloco, na parte térrea, ficarão os serviços de nutrição e dietética, rouparia, almoxarifado de medicamentos, farmácia, vestiários e oficinas. O primeiro andar será destinado a uma ampla enfermaria com 26 leitos e área ocupacional e, no segundo andar, haverá uma enfermaria com 26 leitos e brinquedoteca. Dessa forma, o HCA passará de 92 para 151 leitos, além dos 17 da UTI e dos 18 leitos de observação no Pronto Atendimento Infantil (PAI).

LEMBRANÇAS DO MEU BAÚ

Nem faz muitoHaroldoLeo tempo, mas pelo menos duas décadas já se foram depois que esse ecnontro aconteceu, 1992, por aí; o registro mostra uma solenidade organizada pela Federação Amapaense de Futebol para homenagear dirigentes e jogadores que passaram pelos clubes do Amapá, caso de Léo e o inesquecível mestre Aluísio Brasil, em segundo plano; um dentro de campo, ganhando títulos, impressionando com seu belo futebol vestindo as camisetas do Macapá, Santana, São José, e Seleção Amapaense, aquem serviu desde dos juvenis, coisa que era levado muito a sério no futebol tucuju. Aluísio Brasil, misto de técnico e jornalista, chegou ao Amapá na década de oitenta e deu inestimável contribuição ao nivel técnico do futebol amapaense, ele que já vinha de larga experiência nos clubes do Pará, treinando Tuna, Remo e Paysandu. Aqui foi campeão amapaense e treinou o Guarany e o Macapá. Léo vive com a família em Minas Gerais há mais de vinte anos e o mestre Aluísio Brasil nos deixou em 2001, depois de longa enfermidade.

RELATÓRIO SOBRE A FREQUÊNCIA DE PARLAMENTARES ÁS SESSÕES DO SENADO CAUSA ESTRANHEZA

O site de notícias Congresso em Foco teve acesso com exclusividade a documento distribuído a senadores e mantido às escondidas da população em geral. E o Senado não explica porque não divulga a tal assiduidade sigilosa.

O Senado garante ter transparência na divulgação das faltas dos parlamentares, mas a prática é bem diferente. Enquanto os senadores recebem um relatório de assiduidade dos senadores com o total de presença, faltas e sessões deliberativas e extraordinárias de cada um, a população em geral precisa recorrer a cálculos estatísticos para conseguir a mesma informação.

O Congresso em Foco obteve, de forma exclusiva, um exemplar do relatório produzido pela Secretaria Geral da Mesa. O documento mostra o quantitativo mensal de assiduidade cada senador, semelhante ao feito pela Câmara. O total da coluna “DOR” contém número de sessões deliberativas de um determinado mês. Nela, há mais quatro itens importantes: “NComp” diz quantas faltas foram injustificadas; o “Justif” contabiliza as ausências justificadas; e o “Pres” revela o número de anotações de presença. A coluna “DEX” informa os mesmos dados, mas referentes a sessões deliberativas extraordinárias.

O documento demonstra que a Casa produz um relatório de assiduidade dos senadores, mas o mantém em segredo. O Senado não explica por que sonega ao cidadão o número de faltas dos 81 senadores. Essa pergunta foi feita pela reportagem há uma semana, questionando também os motivos da ausência de divulgação de informações de interesse público que foram solicitadas por um grupo de jornalistas em 2011. Como mostrou o site, dois anos depois de pedidos por mais transparência na Casa, só metade das solicitações foram atendidas.

Do Editor

O poder emana do povo e em seu nome será exercido – muito bonito,  nada mais democrático e republicano, não é?! -, mas pra valer mesmo, na verdade  trata-se de uma balela verde e amarela, de mais uma ofensa à inteligência do cidadão bem informado.

O poder emana mesmo do povo, afinal de contas é o povo que vai às urnas e elege o presidente, os senadores, os governadores, os deputados federais e estaduais, os vereadores. Mas o poder infelizmente não é exercido em seu nome, em nome da nação brasileira.

No Brasil o que mais se ver é político engravatado contrariando os interesses da sociedade, como se fôssemos um país inteiro de iletrados e imbecis, sem direito de ser ouvidos, de cobrar correção daqueles que exercem mandatos por delegação do eleitor, como se faz numa democracia de verdade.

A primeira coisa que os ocupantes de mandatos fazem no Brasil, assim que eleitos, é trair o povo, é levantar uma barreira intransponível entre eles e o eleitor que os elegeu, caso da Policia do Legislativo, e outros antepar0s excludentes e isolacionistas que vão botando na lei para ficar longe do povo.

Ninguém entra no Senado ou na Câmara Federal sem antes passar pela Policia do Legislativo, que não faz parte da Policia Civil, a  Polícia do cidadão. Um índividuo pode entrar numa escola, como em Realengo (RJ), molestar e até assassinar crianças; no Parlamento essa possibilidade é quase zero.

Não que a gente queira que psicopatas saiam por ai matando parlamentares, nem tão pouco as crianças do nosso País, mas o exemplo serve para mostrar que eles se cuidam e deixam o povo a mercer do crime que campeia.

No caso do comparecimento ou não dos senadores às sessões do Senado e o tratamento generoso que a Mesa da casa dispensa à questão, é mais um ‘escondedinho’ descoberto pela imprensa investigativa cumprindo seu papel de fiscal da sociedade. Sabe Deus quantos  privilégios, quantos ‘escondedinhos’ ainda existem no Senado Federal?!

BIOGRAFIA

shakespeareWilliam Shakespeare
Biografia, principais obras, poemas, teatro elisabetano, Romeu e Julieta, Rei Lear,
Othelo, Hamlet, Macbeth, Sonho de uma noite de verão, frases

Pintura de Willian Shakespeare: um dos maiores nomes do teatro mundial

 Quem foi 

Shakespeare é considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de todos os tempos. Seus textos literários são verdadeiras obras de arte e permaneceram vivas até os dias de hoje, onde são retratadas freqüentemente pelo teatro, televisão, cinema e literatura.

Biografia e obras 

Nasceu em 23 de abril de 1564, na pequena cidade inglesa de Stratford-Avon. Nesta região começa seus estudos e já demonstra grande interesse pela literatura e pela escrita. Com 18 anos de idade casou-se com Anne Hathaway e, com ela, teve três filhos. No ano de 1591 foi morar na cidade de Londres, em busca de oportunidades na área cultural. Começa escrever sua primeira peça, Comédia dos Erros, no ano de 1590 e termina quatro anos depois. Nesta época escreveu aproximadamente 150 sonetos.

Embora seus sonetos sejam até hoje considerados os mais lindos de todos os tempos, foi na dramaturgia que ganhou destaque. No ano de 1594, entrou para a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain, que possuía um excelente teatro em Londres. Neste período, o contexto histórico favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, pois a Inglaterra vivia os tempos de ouro sob o reinado da rainha Elisabeth I. O teatro deste período, conhecido como teatro elisabetano, foi de grande importância. Escreveu tragédias, dramas históricos e comédias que marcam até os dias de hoje o cenário teatral.

Os textos de Shakespeare fizeram e ainda fazem sucesso, pois tratam de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico. Amor, relacionamentos afetivos, sentimentos, questões sociais, temas políticos e outros assuntos, relacionados a condição humana, são constantes nas obras deste escritor.

No ano de 1610, retornou para Stratford, sua cidade natal, local onde escreveu sua última peça, A Tempestade, terminada somente em 1613.  Em 23 de abril de 1616 faleceu o maior dramaturgo de todos os tempos, de causa ainda não identificada  pelos historiadores.

Principais obras :

Comédias: O Mercador de Veneza, Sonho de uma noite de verão, A Comédia dos Erros, Os dois fidalgos de Verona, Muito barulho por coisa nenhuma, Noite de reis, Medida por medida, Conto do Inverno, Cimbelino, Megera Domada e A Tempestade.

Tragédias: Tito Andrônico, Romeu e Julieta, Julio César, Macbeth, Antônio e Cleópatra, Coriolano, Timon de Atenas, O Rei Lear, Otelo e Hamlet.

Dramas Históricos: Henrique IV, Ricardo III, Henrique V, Henrique VIII.

Frases de Shakespeare:

– “Dê a todos seus ouvidos, mas a poucos a sua voz.”
– “Antes ter um epitáfio ruim do que a maledicência durante toda a vida.”
– “Ser, ou não ser, eis a questão.”
– “Sem ser provada, a paciência dura”.
– “As mais lindas jóias, sem defeito, com o uso o encanto perdem”.
– “Pobre é o amor que pode ser contado”.
– “Nada me faz tão feliz quanto possuir um coração que não se esquece de seus amigos”.

Para saber mais (indicação de livros):

– Shakespeare – Vidas Ilustradas
Autor: Holden, Anthony
Editora: Ediouro – RJ

– Shakespeare – Coleção L&pm Pocket – Série Biografias
Autor: Mourthé, Claude
Editora: L&PM

__________________________________________